A Falta de Identidade do INSS.

By // Nenhum comentário:
A falta de identidade do INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social tem como sigla oficial INSS no entanto, o povo diz INPS. Quem nunca ouviu alguém dizendo “estou aqui no INPS, hoje tenho que ir no INPS”. O INSS é uma autarquia federal encarregada de analisar e conceder os benefícios previdenciários e os benefícios assistenciais. A pesar da importância da Autarquia INSS a mesma não tem identidade, veja abaixo alguns fatos que comprovam minha teoria:

- O INSS não tem um site próprio, tente achar o site do INSS que não irá encontrar. Antes todas as informações estavam no site www.previdencia.gov.br, depois passou para o site www.mtps.gov.br, onde se mantém atualmente mesmo o INSS tendo sido encaixado no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. No site www.mds.gov.br não tem nenhuma referência ao INSS.

- Os segurados do INSS são atendidos nas agências da previdência social, conhecidas como APS. Se o INSS existisse tinha que atender seus segurados nas agências do INSS. Outro dia uma mulher me perguntou onde ficava o INSS. A pergunta foi feita em frente a agência em que o INSS atende seus segurados em Santa Maria. Antes de responder olhei para a agência é lá estava escrito “previdência social” não havia nenhuma indicação de que ali seria o INSS. O cidadão não tem obrigação de saber essas particularidades.

A falta de identidade do INSS
AGÊNCIA DO INSS EM SANTA MARIA

-  O edifício sede do INSS em Brasília fica localizado no setor das autarquias. Em frente ao prédio há um totem com o nome previdência social, ao lado há outro prédio com a indicação do nome do órgão INPC. No caso do INSS o nome é oculto, já nas outras autarquias consta os nomes próprios, tais como INPC, Inmetro, Incra. Ibama e outros. Veja que todos esses órgão têm site próprios.

A falta de identidade do INSS
EDIFÍCIO SEDE DO INSS EM BRASÍLIA
Acredito que o atual governo deveria fazer uma reforma dando identidade ao INSS, pois é a maior autarquia do Brasil e, também, a que afeta a toda a população, pois uma criança com um dia de vida pode ter que recorrer a algum benefício no INSS, assim como uma pessoa idosa, ninguém pode dizer que nunca irá precisar de algum serviço do INSS.

Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com

Servidores dos Correios irão cobrir rombo do Postalis.

By // Nenhum comentário:
Servidores dos Correios irão cobrir rombo do Postalis.

Vivemos uma época em que só temos notícias ruins. Os servidores dos Correios devem estar profundamente decepcionados com o atual governo, pois além de não terem aumentos salariais que reponham as perdas causadas pela inflação ainda terão que destinar parte dos seus vencimentos para cobrir rombo no fundo de pensão Postalis.

Servidores dos Correios irão cobrir rombo do Postalis.

Pelo visto não serão só os servidores dos Correios que serão chamados a cobrir os prejuízos causados pelos desmandos nos fundos de pensão, pois os outros grandes também estão com enormes prejuízos.

Servidores dos Correios irão cobrir rombo do Postalis.


Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com

Como Empobrecer a População e Enriquecer os Bancos.

By // Nenhum comentário:
Como empobrecer a população e enriquecer os bancos

O Governo Federal vem tomando medidas que tornam os cidadãos cada dia mais pobres, porém o discurso é que nunca houve na história desse país um governo que tenha tirado mais gente da miséria.

Antes da era PT no Governo Federal a população aposentada vivia com um salário-mínimo que recebia a título de aposentadoria ou pensão. Para que os bancos aumentassem seus lucros foi criado o sistema de consignação que levou os aposentados e pensionistas a entregarem 30% da sua renda. Um grande contingente de idosos, na sua maioria, passou a viver com um valor correspondente a 70% do salário-mínimo.

O dinheiro emprestado pelos bancos evaporou-se nas mãos dos aposentados e pensionistas, não houve nenhum tipo de investimento que lhes proporcionasse alguma melhoria de vida. Com o aperto da renda, causado pelas prestações dos empréstimos, criou-se um círculo em que os contratos são reformados sempre que o salário-mínimo é aumentado e as parcelas são lançadas para o futuro.

Agora o Governo emitiu a Medida Provisória 719 em que autoriza os bancos a emprestarem um valor correspondente a 10% do saldo do FGTS que o trabalhador tiver. Caso ocorra a rescisão do contrato de trabalho sem justa causa o banco poderá pegar esse valor e mais o que for preciso até o limite da multa rescisória de 40%. Com essa medida mais um grande contingente de trabalhadores vai pegar empréstimo, gastar, e quando for demitido, probabilidade maior a cada dia, terá um valor menor a receber do FGTS, que deveria ser usado para sobreviver durante o tempo que ficasse sem emprego.

O Governo estima em 17 bilhões o valor que os bancos irão emprestar nessa nova modalidade. Esse tipo de empréstimos proporciona ganhos enormes aos bancos, pois o risco é mínimo e a taxa cobrada é sempre muito alta. A situação econômica do País vai ficar precária durante muitos anos e os governos futuros terão muito trabalho para reverter essa situação.

Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com
Popular Posts