Impostos crescem constantemente no Brasil

By
impostos no brasilA imprensa está noticiando que a arrecadação de impostos no Brasil bateu recorde no 1º semestre do ano em relação ao mesmo período do ano 2007. Segundo reportagem do jornal Zero Hora o crescimento real foi de 10,43% e isso que no ano passado havia a CPMF.
Lembro que no inicio do ano o Governo fez um grande alarde de que não seria possível manter o mesmo ritmo do ano anterior devido à retirada da CPMF. No entanto o volume de impostos arrecadados foi ainda maior.

Mesmo com esse volume de impostos o Governo está tentando ressuscitar a CPMF com novo nome, contribuição social para a saúde. Esse novo imposto será permanente.
É incrível a fúria em arrecadar cada vez mais impostos, não há preocupação em desafogar a população. Quanto mais arrecadam mais querem arrecadar e o povo que se vire em sobreviver.
A maioria das empresas tenta crescer, mas muitas vezes a burocracia e a enorme carga de impostos e taxas torna isso inviável. Pois se for contratar um funcionário seus custos irão aumentar muito e por isso acabam desistindo. Com isso quem perde é a população que tem menor chance de obter um emprego regular ou comprar produtos mais em conta.

5 comentários:

  1. O apetite do governo por arrecadação é incomensurável e mordaz.
    A máquina governamental é absurdamente ineficiente, gastadora, cara e desperdiçadora.
    A palavra governo, transformou-se em sinônimo de excesso; abuso; desregramento, sem falar que, em muitas vezes, se traduz em atos inconstitucionais e, por incrível que pareça, até anti-sociais.
    O governo constantemente diz inverdades quando tenta impor sobre a sociedade a cobrança de novos impostos ou taxas, ou aumentos sobre tributos ou, ainda, tenta justificar a não correção das pensões e benefícios da Previdência, por motivos de contenção do déficit governamental. Por outro lado, perdoa dívidas de outros países, presenteia algumas categorias com aumentos bem acima da inflação, cria programas de bolsas, à título sem fundo, que na verdade são verdadeiras colhedeiras de votos e de aumento de popularidade dos governantes. Enquanto isso grande parte dessa massa perde o estímulo pelo trabalho, a ponto de desistirem de seus empregos atuais, por considerar mais vantajoso ficar desempregado e viver dos auxílios dados por tais programas salvadores.
    Recentemente, foi noticiado que famílias assistidas por tais bolsas, usando o dinheiro para comprar móveis, utensílios, etc, e deixavam por isso de gastar com alimentação, que era a razão de ser do programa. Diante da notícia, vem o governo e diz que então precisa aumentar a bolsa acima da inflação, tenha dó....
    Enquanto empresas e pessoas, produtivas e formais, são sobrecarregadas com impostos, surge no Brasil um massa de indivíduos que se acostuma a ganhar sem trabalhar, sem fazer jus ao suor do rosto, sem formalização, sem regras, sem deveres, ... só direitos.
    Perigoso este rumo, perigosa esta estrada, perigoso este caminhar.
    Abs

    ResponderExcluir
  2. Meus caros, em Portugal acontece o mesmo!

    Vivemos num mundo muito injusto!... até quando?

    Um abraço!

    PS: Olá Catarino vim retribuir a visita e o comentário!
    Até outro dia!

    ResponderExcluir
  3. Pois é amigo Catarino, esta é uma dolorosa verdade, inclusive estes dias a New do Estúrdio criou um artigo com uma imagen que resume tudo isto que enfrentamos no dia-a-dia.
    Lá estive e comentei o seguinte: por isso sinto tanta dor nas costas, é de tanto imposto que temos que carregar, tem sido um fardo bem pesado, mas não devemos ficar só murmurando, o artigo é bem interessante e informativo, parabéns!
    Saúde e sucesso!
    Abraços,
    Moura

    ResponderExcluir
  4. Este é um (dos vários) motivos que fazem com que muitos trabalhadores fiquem na ilegalidade (informal), para cada funcionário admitido paga-se por 2 ¹/². Eu já pensei em contratar uma pessoa, mas os impostos "comem" o saldo no final do mês.
    Acontece que, "eles" têm muito tempo para pensar de onde vão tirar os depósitos das famosas Ilhas de Cayman, rsrs

    ResponderExcluir
  5. Devemos pagar por tudo que demandar mão-de-obra, serviço ou por algo que nos gere benefício. Ocorre que os IMPOSTOS não geram nenhum benefício para as empresas produtoras e distribuidoras de produtos. Quer dizer, as empresas produzem por sua conta e risco e ainda têm que reservar uma parte de tudo para o governo (sanguessuga). Ora, o governo não participou da produção e nunca produziu nada. Por quê recolher aos cofres públicos ICMS, IPI, IPVA, ISS, ITBI, e I’s da vida, etc.., e para quê? Para alimentar uma máquina administrativa que nada faz em benefício do cidadão. Porque devemos recolher aos cofres públicos os IMPOSTOS? O que o governo oferece em troca? O que o governo gera de benefício?
    Estes impostos nada mais são do que a remuneração da máquina administrativa que aí está. Esta máquina é composta por funcionários públicos. Quem são eles? Todos aqueles que vivem sugando o povo: polícia civil e militar, forças armadas, juizes, promotores, ministros, secretários de estados, governadores, prefeitos, secretarias em geral, deputados, senadores, vereadores, fiscais da receita federal, estadual e municipal. Funcionários dos Ministérios Públicos, Detrans, Presidente da República, vice-presidente e toda corja que dirige a nação. Se você é um empregado público então você está na lista.
    A forma de acabar com o governo é deixar de pagar impostos. Aí eles não terão mais como se lucupletar entre eles.
    Os fiscais nada mais são do que cães tentando garantir o seu osso, impedindo que o sacoleiro sobreviva. O fiscal quer garantir que ninguém deixe de pagar impostos para não baixar a arrecadação que garante o salário deles. É isso mesmo. A corja que representa o governo não produz nada. Eles apenas tiram uma parte do salário de cada cidadão para garantir o deles. Vamos acabar com o governo vadio e seus usurpadores. Que vão trabalhar e produzir ao invés de ficar sugando e mamando nas costas dos trabalhadores, comerciantes e produtores do Brasil.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts