No governo atual os bancos lucram mais.

By
No governo atual os bancos lucram mais.
Parece que o negócio mais lucrativo atualmente no Brasil é o do sistema financeiro. Todos os anos são anunciados que os lucros dos bancos bateram recordes.

Hoje tinha uma notícia nos jornais de que o Bradesco lucrou quatro bilhões no primeiro semestre e logo irão sair os balanços dos outros bancos e vai começar a competição para saber quem lucrou mais. Não há exceção, todos lucram muito. E somos nós que pagamos a conta.

Este ano o Banco Central emitiu uma medida mandando que todos os bancos cobrassem os mesmos tipos de tarifas. Diziam que isso iria melhorar para os clientes que teriam condições de saber quais as tarifas estavam sendo cobradas. Só que ocorreu ao contrário, todos os clientes passaram a pagar mais tarifas. Eu tenho conta em dois bancos e em um deles não pagava nenhuma tarifa devido aos pontos, com essa medida do Banco Central tive a surpresa de uma tarifa por emissão de extrato. Entrei em contato com o banco e me disseram que não era cobrado e agora com a equalização das tarifas passaram a cobrar. Tomei conhecimento que em outros bancos também foram criadas novas tarifas para atender a determinação do Banco Central. Também o valor mínimo para isenção de tarifas foi aumentado, pois alguns bancos exigiam menos e com a publicação das tabelas todos correram para igualar tudo.

O atual governo tem estimulado o sistema financeiro de todas as maneiras, criou o sistema de empréstimos consignados para aposentados da previdência e uns bancos antes desconhecidos passaram a operar, por telefone, e cresceram vertiginosamente. Os juros pagos nos empréstimos continuam altos, o juro pago em aplicações está a quase zero. Pelos resultados que começam a ser divulgados essas medidas deram certo, para os bancos, para nós foi mais um assalto ao nosso bolso.

6 comentários:

  1. Companheiro, desculpa, só agora percebi que você, que é sempre tão atencioso, não estava linkado no meu blog. Eu achava que já tivesse linkado o seu faz tempo.
    Enfim, já foi reparado.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Tenho contas em dois bancos e anualmente solicito extratos completos para fazer um balanço de quanto gastei com taxas. No ano passado quase fiquei louco ao ver que gastei com taxas e a extinta CPMF um valor que poderia usar para quitar quase duas mensalidades de um carro financiado. Um dos bancos me cobrou uma taxa de 22 Reais alegando que essa cobrança era feita caso não houvesse saldo na conta para o débito da CPMF (programado para toda sexta-feira).
    Reclamei no Procon e tive o valor devolvido. Agora ando pensando em guardar o dinheiro em baixo do colchão!

    ResponderExcluir
  3. É fácil ver o porquê dos recordes, já viu as taxas aplicados nos correntistas?
    Fica devendo um mês e você vai ver sua dívida aumentar mais rápido do que coelho procria...
    Gostei do novo layout, já tinha um tempo que não passava por aqui.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. No atual governo, além dos bancos, estão lucrando mais: políticos, empreiteiros, fornecedores, etc.

    Afinal, nosso presidente não vê e nem sabe de nada! Parece que ele é cego e surdo!

    ResponderExcluir
  5. catarino,sera que não temos uma parcela de culpa nessa historia,pois os juros são estratosfericos,porque existe uma tremenda sonegação então quem paga arca com o ônus da sonegação,cria se ai um circulo tambem,pois se o governo baixar os juros perde receita e as pessoas sonegam porque os impostos são altos?
    quando sera que chegaremos a um acordo,pois essa ação devera partir de nós,tambem não sei como fazer,mas acredito que o povo tem que reagir,não é possivel viver com uma tributação tão alta,estou cursando uma faculdade de gestão publica,e tenho notado que a corrupção atravanca demais o nosso Pais,oque faremos?

    ResponderExcluir
  6. É verdade amigo Catarino, aqui no Brasil fala-se muito sobre lobismo, agiotagem e et cétera e tal, mas o que temos presenciado é que cria-se mecanismos que beneficiam somente as grandes instituições financeiras deste país, e nós pobres "coitados", muitas vezes movidos pelo desespero recorremos a este sistema de empréstimo com taxas cada vez mais absurdas e com a devida autorização do governo (acho que ele tira uns por fora).
    Saúde e sucesso!
    Abraço,
    Moura
    http://meioambiente.blogomoura.com

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts