O Brasil na Olimpíada de Pequim.

By
Terminada a olimpíada de Pequim 2008 vê-se que os resultados foram insatisfatórios para o Brasil. Os atletas brasileiros não obtiveram os resultados sonhados. Os poucos que tinham chances de ganhar não alcançaram sucesso. As medalhas obtidas foram em casos individuais e de exceção. Esse resultado era facilmente previsível, pois a cada ano que passa temos menos atletas de primeira linha competindo e não seria nos jogos olímpicos que haveria um milagre.
Agora o País quer trazer os jogos olímpicos de 2016 para a cidade do Rio de Janeiro e para isso precisa gastar uma enorme soma na promoção da candidatura e também nas melhorias das condições físicas para abrigar todos os jogos.

Tudo isso parece muito lindo, mas estamos muito longe de ter condições de abrigar jogos de tamanha importância. Não há incentivos para a prática de esportes e nem instalações adequadas. O nadador Cesar Cielo obteve resultado positivo porque teve condições de treinar nos Estados Unidos, quantos talentos poderiam existir se o mesmo fosse oferecido no Brasil.
O problema começa nas escolas onde a disciplina de educação física é cumprida com jogos de futebol para os meninos e vôlei para as meninas. Meus filhos estão na escola e nunca fizeram uma única aula em que fosse ensinado os esportes olímpicos. Mesmo as escolas particulares não oferecem nada além de uma bola e uma quadra para a prática. Dividem os alunos em times e cada grupo jogo alguns minutos e depois ficam olhando os outros até terminar o horário. E com isso está cumprida a lei que obriga a prática da educação física nas escolas. Se os alunos não ficam sabendo sobre as modalidades existentes como haverá interesse em praticar um esporte diferente. Todo mundo quer ser jogador de futebol e para isso existem dezenas de escolinhas, pois é um esporte que remunera muito bem e sempre surge um atleta que traz lucro aos que estão investindo.
Na minha cidade não há nenhum local em que se pratiquem qualquer modalidade de esporte olímpico e acredito que nas demais cidades também. Se um menino ou menina quiser praticar natação não terá aonde ir. Como praticar salto, corrida, ginástica ou qualquer outra espécie. Se ninguém pratica como se descobrirá talentos para serem preparados para as competições futuras.
Eu acredito que invés de trazer os jogos olímpicos para o Brasil é preciso primeiro levar os esportes para as crianças e quando o investimento estiver em condições de ser mostrado ao mundo se pleiteie sediar uma olimpíada.
Mas sabemos que as prioridades dos governos não são educação e saúde e que as empresas também não irão investir em esportes amadores. O futuro dos esportes no Brasil não é muito promissor.


Se gostou do post subscreva nosso FEED.

9 comentários:

  1. Também concordo contigo Catarino, o Brasil ainda não esta preparado para uma Olimpíada.
    Muita gente me critica quando eu digo que o Brasil não merecia receber nenhuma medalha (não pelos atletas que fazem milagres com o que tem), num país onde um atleta fica 9 anos na faixa marrom pois não tem dinheiro para fazer os exames de troca de faixa, uma atleta não tem tênis para participar das provas e tem que fazer vaquinha para comprar, onde os atletas que ganham tem que treinar fora do pais um país com esse tipo de incentivo ao esporte não merece nenhuma medalha. O futebol que tem um investimento enorme não conseguiu a medalha de ouro imagina os outros esportes que tem que esmolar para poder participar.
    Por isso digo fiquei triste por o Brasil ter conseguido 15 medalhas não deveria ter ganhado nenhuma só assim o desgoverno tomaria vergonha na cara e investiria no esporte.
    OBS.: Os atletas para mim são todos merecedores de ouro, pelo esforço e perseverança que tem.

    ResponderExcluir
  2. Catarino, em minha cidade também não possuímos local apropriado para a prática de esportes ou ginástica olímpica e nas escolas a educação física funciona da mesma forma que você comentou.

    Concordo quando você diz que primeiramente o país deveria investir em instalações adequadas, incentivar as crianças para a prática de esportes, apoiar os atletas profissionais, para depois pensar em sediar uma olimpíada.

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. www.papocicuta.com.br26 de ago de 2008 13:56:00

    Concordo em gênero e grau com suas ponderações. Educação física nas escolas é para inglês ver, ou melhor é para ninguém ver, pois fica difícil descobrir um talento com as práticas esportivas que temos nas escolas, com exceção do futebol.

    ResponderExcluir
  4. Pôxa, muito bom seu blog. Super completo.
    Gostei demais.

    Add como parceiro, visita o meu e me add como seu parceiro por favor, eu declaro que aceito e me submeto a todas as suas regras de parceria.

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. O Brasil tem muitas outras prioridades que sediar uma Olimpíada.

    Claro que seria ótimo, mas é um luxo super dispendioso. Sou contra esse desejo, pelo menos nos próximos 10 ou 20 anos.

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  6. O Brasil não está preparado para as Olimpíadas mesmo! Concordo com você, embora tenha a sorte de ter alguns lugares para praticar esportes na minha cidade e minha escola ter melhorado muito nas atividades da educação física. Antes era assim como vc disse.

    Abrass.

    ResponderExcluir
  7. Catarino, o desempenho dos nossos atletas nas olimpíadas é o mais puro reflexo da nossa realidade de país de terceiro mundo.Aqueles que se destacaram são heróis, pois se superaram por eles mesmos e por suas famílias, conforme eles mesmos declaram em entrevistas.O Brasil não apóia ninguém que mereça destaque em qualquer área, sempre o apoio vem de fora do país.Nossos políticos deviam olhar mais para nossos valores ao invés de ficar batendo palmas para ou outros.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns aos atletas brasileiros, eles são o nosso "OURO" e merecem ser aplaudidos de pé!

    Em primeiro lugar por terem chegado lá, em segundo lugar, por estarem entre os 10 melhores atletas do mundo,em muitas modalidades e em terceiro lugar, por todo o esforço e investimento próprio, apesar das adversidades e das verbas que nunca chegam até eles, exceções à parte, vejam os equipamentos e instalações utilizadas pelos atletas (o pessoal do remo em Pequim utilizou barcos emprestados para competir).

    Seria muito bom que jornalistas esportivos, realizassem pesquisa e publicassem matéria que demonstrasse, por modalidade esportiva que o Brasil participou, as condições em que os nossos atletas enfrentaram, como falta de apoio financeiro (o que é destinado (recursos públicos) e o que chega ao atleta diretamente; o apoio psicológico, os equipamentos e instalações utilizadas (na fase de preparação e na olimpíada) e o quadro de competidores por modalidade(paises, qtd de atletas e classificação). Com um quadro destes, teremos uma boa idéia do que se passou em Pequim.

    "Esse é o retrato deste Brasil que tão poucos atletas forma por falta de apoio e investimento. A maioria das medalhas que o Brasil conquista é fruto de atletas saídos da classe média, onde o ônus da formação fica por conta das famílias. Diante de um desempenho pífio do Brasil, apesar das tentativas da mídia e do COB em nos convencer do contrário, alguns poucos talentos se destacaram. Até quando sacrificaremos nossos atletas colocando um peso excessivo sobre seus ombros? " extraído do site http://decarapralua.zip.net/ artigo Qual o caminho da vitória?

    A Internet está cheia de casos que evidenciam que os investimentos nos atletas brasileiros, são feitos por eles próprios, por suas famílias, pelos amigos e, em alguns casos, pelos próprios técnicos.

    Onde está o dinheiro que o governo diz ter repassado para a preparação de nossos atletas?

    ResponderExcluir
  9. É blah...blah...blah...bleh...bleh...bleh...precisamos de incentivo aos esportes,de investimentos na educação,sáude,transporte,segurança...sempre em época de olimpíada,quando acontece um crime bizarro,ou quando "explode" aqueles esquemas de corrupção no senado...isso aflora sempre nesses momentos.

    É sempre a mesma coisa...um dejavu "pseudo-patriótico".

    E viva às medalhas de ouro! e blah...blah...blah...

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts