17 de setembro de 2008

Dia da Compreensão Mundial


 

Hoje, 17 de setembro, é o Dia da Compreensão Mundial e para homenagear esta importante data vou publicar o texto abaixo que encontrei no site Portal São Francisco.
O dia da compreensão mundial divulga a procura da paz por meio do entendimento e compreensão dos povos e das pessoas individualmente.
Para alcançar a paz mundial precisamos compreender as pessoas que estão ao nosso lado e assim chegar a todos os povos.
A compreensão como um instrumento para o entendimento é uma atitude plural, mútua, que tem sua origem, no entanto, na compreensão que temos de nós mesmos.
Só no respeito às diferenças é que podemos construir comportamentos, estabelecer planos e mudar atitudes – as nossas e as dos outros.
Compreender o outro não é sinônimo de nos anularmos. Divergir é um direito de cada um, seja na relação entre pai e filho, entre jovem e adulto, homem e mulher, ou nas relações entre empregado e empregador, administrador e servidor.
Os homens não têm pensamentos idênticos, assim como tampouco têm feições idênticas...
A crença de uma pessoa é influenciada por diversos fatores – temperamento, hereditariedade, contexto, experiência – e os líderes devem balancear seu julgamento com paciência e indulgência.
Atitudes agressivas, que não precisam ser necessariamente físicas, acontecem, infelizmente, nas relações humanas – e em nada contribuem para o bem-estar de quem as pratica, com prejuízos, às vezes fatais, para o próprio grupo.
Há que se entender a importância de cada atitude pessoal como um fator que facilite a harmonia e a construção de um grupo.
Gandhi, exemplo de liderança pacifista, conquistou a todos por seu exemplo e por sua coerência entre ação e discurso.
Sobre os pontos fundamentais para se conseguir a paz, assim ele se expressou:
“De que vale a fé se não for convertida em ação”?
“A liberdade individual e a interdependência são essenciais para a vida em sociedade”.
“A não-cooperação com o mal é um dever tão importante quanto a cooperação com o bem”.
“A não-violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia.
Ela é uma arma para os bravos”.

Se gostou do post subscreva nosso FEED.

4 comentários:

Rodrigo Piva disse...

Muito legal esse texto, Catarino.
Valeu por compartilhar com a gente.
Abraços

Pensador Louco disse...

Excelente texto, Catarino. Parabéns.

Fabio Art Inc disse...

Olá Catarino...
Esse texto é show cara...
Você foi muito feliz de publica-lo.
Tem uma frase de Mahatma Gandhi que se bem interpretada ajudaria a melhorar nossa sociedade:

“Você nunca sabe que resultados virão da sua ação.
Mas se você não fizer nada,
não existirão resultados”.

As pessoas acham que para melhorar o mundo precisa fazer algo gigantesco, mas se engana.
O mundo ainda tem solução, basta você "compreender" e respeitar as diferenças das pessoas que estão a sua volta, seu vizinho e etc.
Fazendo isso, você melhora sua rua, seu bairro, sua cidade, seu estado, e assim sucessivamente.
Fazendo a sua parte, você ajuda a melhorar o mundo.
É o que eu acho...
Parabéns pelo texto e um forte abraço...

Isa disse...

Oi Catarino
A compreensão devia fazer parte da educação de cada um , pois a compreensão tambem é um respeito que devemos ter para cada pessoa e isso não acontece infelizmente .
Cada vez mais as pessoas se atropelam de todas as maneiras no dia a dia de cada um .
Mas é sempre bom ler os textos da-nos sempre uma visão mais optimista da vida!
Beijos

Isa

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Tecnologia do Blogger.