A Pobreza que nos cerca, Blog Action Day 2008.

By
A Pobreza que nos cerca, Blog Action Day 2008.

Hoje finalmente chegou o dia de publicarmos a postagem coletiva sobre a pobreza no mundo, conforme proposta do Blog Action Day. A pobreza esta em todo o lugar. Há pessoas pobres financeiramente, mas ricas de alegria e vontade de viver e há pessoas ricas de valores econômicos e pobres de espírito, que só pensam em acumular riquezas e não ajudam ninguém. Quando ocorre uma grande tragédia são as pessoas de menor poder aquisitivo que mais ajudam. Há um mês ocorreu uma grande tempestade que destruiu muitas casas aqui no RS e viam-se as pessoas correndo para ajudar seus vizinhos, tentando amenizar o sofrimento.


Aqui no Brasil as políticas sociais são uma ferramenta de perpetuação da pobreza, pois distribuem um mínimo para as pessoas e não criam nenhum mecanismo para que essas mesmas pessoas venham a obter um trabalho e parem de precisar da ajuda federal. Tem muitas pessoas que ganham o benefício bolsa família. Fazem pequenos trabalhos e fogem da carteira assinada, pois se suas rendas aparecerem nos sistemas nacionais correm o risco de perder esse benefício. Com isso não procuram emprego e ficam a cada dia com mais dificuldade.

Aqui em Santa Maria houve um grande aumento da população mais pobre. Parece que os programas sociais, criados para diminuir a pobreza, atraíram mais gente de outras regiões. Há regiões enormes de loteamento clandestinos e invasões ilegais que por comodidade das autoridades vão se perpetuando. Como são ilegais não tem água encanada e nem luz. Claro que a população dá um jeito de fazer uns “gatos” para obter ao menos a luz. A falta de saneamento básico deixa as pessoas com mais chances de ficarem doentes. As crianças e os idosos são os que mais sofrem, pois o atendimento da saúde pública é precário.

Até a natureza colabora em manter os pobres mais pobres, sempre que chove granizo ou sopra vento forte são as casas dos pobres que caem ou tem seus telhados danificados. Com isso perdem o pouco que têm e precisam começar tudo de novo. As doações se limitam a roupas e alimentos e da parte do Estado ganham no máximo alguns metros de lona.

As leis trabalhistas que foram criadas para proteger os trabalhadores acabam causando mais problemas. Se uma pessoa idosa estiver em dificuldade e queremos lhe dar um pequeno trabalho, por exemplo, cuidar de um jardim, teremos que pagar tantos encargos sociais que a contratação se torna inviável, é mais fácil e barato contratar uma empresa especializada. Além do risco de termos que responder um processo trabalhista por qualquer motivo. Assim as pessoas mais pobres enfrentam mais dificuldades todos os dias e muitas vezes ficamos impossibilitados de ajudar.

A única maneira de fugirmos da condição de miséria é através do estudo e do trabalho e para isso é necessário que os governos criem políticas que proporcione empregos aos adultos para que seus filhos possam estudar e no futuro melhorar a vida de todos.


Se gostou do post subscreva nosso FEED.

9 comentários:

  1. Grandes verdades amigo Catarino, realmente é uma pena ver que nossas políticas públicas são as primeiras a contribuir para que os pobres e menos favorecidos fiquem cada vez mais pobres ainda.
    Infelizmente, já ouvi de "colegas" que ganham mais de R$ 1.800,00 e ainda recebem benefícios do governo como auxilio gás entre outros, uma dura realidade em nosso país sem fiscalização séria para fazer as coisas acontecerem.
    Saúde, paz e sucesso!
    Um grande abraço,
    Moura

    ResponderExcluir
  2. Olá, de visita... saudaçoes catarino!

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo Catarino, já postei meu texto sobre o assunto também e parece que temos opiniões semelhantes.
    No final vai se chegando a conclusão que as coisas são como são, porque beneficiam meia duzia. É triste.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá Catarino!

    Existem muitos e muitos casos de pessoas que não querem trabalho com carteira assinada e outros nem trabalho nenhum, só para não perderem o auxílio, seja ele qual for: bolsa disso, bolsa daquilo... Essas bolsas estão criando é miséria.

    Não sou contra os auxílios, mas deveriam ser por tempo determinado, para que o auxiliado fosse em busca de trabalho.

    E como o Catarino disse, o governo só vai irradicar a miséria com a educação e a criação de empregos.

    Grande abraço.
    Jorge Cruz

    ResponderExcluir
  5. Olá, Catarino, tudo bem?
    As pessoas precisam ser menos individualistas e passar a ter mais amor ao próximo, como pregou Jesus.
    Cristo se sensibilizou diante da fome das pessoas. Então, nós devemos fazer o mesmo.
    Um abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  6. "Há pessoas pobres financeiramente, mas ricas de alegria e vontade de viver e há pessoas ricas de valores econômicos e pobres de espírito, que só pensam em acumular riquezas e não ajudam ninguém."
    Esta, infelizmente, é uma grande verdade!
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  7. Olá, amigo do diHITT...

    Estou participando da GINCANA do Blog Insoonia!!!
    Teho que convidar o maior número possível de amigos para comentarem os posts (do Insoonia) de 15/10 a 15/11...
    Quem comentar, no final do post deve colocar a identificação "J" (jota), que é a identificação dos amigos da Pitanga...

    O prêmio será a divulgação de uma comunidade de dez mil membros!

    Quero te convidar para passar por lá e dar uma força e, se possível, dar uma divulgada tb!

    Obrigado...ótima semana!

    http://www.insoonia.com/

    ResponderExcluir
  8. Não acredito nesse determinismo. Acho mais provável que seja porque as pessoas, quando mais pobres, possuem maior intimidade com os vizinhos.
    Bom, não fez muita diferença. haha

    ResponderExcluir
  9. Catarino,
    realmente essas são verdades que precisam ser mudadas,porém depende de um grande envolvimento de toda a sociedade,pois tambem temos uma parcela de culpa,elegemos os governantes e deixamos correr,precisamos cobrar de verdade,mas a cobrança tem que ser de todos,devemos estarmos unidos,a educação é a base de um futuro melhor,mas o hoje é sem duvida,o começo do amanhã,precisamos de mais união.Fazer acontecer!
    Um grande abraço e mais uma vez,parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts