A Dengue e os resíduos residenciais.

By
Dengue e residuo residencial
Todos os anos a saúde pública faz a campanha contra a proliferação do mosquito da dengue. Esse mosquito se procria em água parada e limpa. Isso todo mundo sabe ou devia saber. Mas o que chama a atenção é a quantidade de garrafas, vidros, pneus e outros objetos que as pessoas guardam em casa.

Vemos pela televisão que os agentes de saúde sempre encontram estes objetos nas casas e quase sempre há água neles. Mesmo sabendo do enorme risco que a dengue representa, principalmente pela possibilidade de epidemia, as pessoas continuam guardando objetos em seus jardins e áreas. Acredito que as pessoas guardam esses resíduos sem consciência do perigo que provocam. É preciso manter a orientação o tempo todo, para que não caia no esquecimento.

A única maneira de acabar com a proliferação desses mosquitos é a ação de cada família, não deixando a menor possibilidade deles se reproduzirem.

Normalmente acreditamos que as coisas ruins só acontecem com os outros, mas a dengue, quando surge em uma cidade, em pouco tempo se alastra por todos os lados. O custo de tratamento é sempre maior do que o de prevenção e nesse caso é totalmente gratuito, basta não dar chances para o mosquito sobreviver.

Sempre que você estiver em uma casa, sua ou de amigo, veja se há objetos que possam ser um criadouro de mosquitos e dê um toque, vai ajudar a melhorar a saúde de todos nós.


Se gostou do post subscreva nosso FEED.

8 comentários:

  1. meu amigo otimo este seu artigo..mais tem o seguinte como você mesmo citou quantas campanha foram feitas e ainda são para chamar atenção a este cuidado mais parace que as pessoas nao dá a minima continuam fazendo sempre ao contrario do certo quando se cai no pobema ai então começa aquela briga mais vai entender a cabeça deste povo..

    ResponderExcluir
  2. Estava percorrendo os blogs que adoro ler e chego aqui... me deparo com uma grande lição de moral. Acredito que muitas vezes as pessoas não se dãoconta disso e é sempre bom relembrar.
    Adoro vir aqui!

    ResponderExcluir
  3. Lembrete em ótima hora, Catarino. Não podemos deixar que se repita o ocorrido principalmente no Rio de Janeiro, onde crianças morriam quase que diariamente, por conta de um mosquito! Temos de fiscalizar nossa casa e ajudar os vizinhos para não sermos as próximas vítimas.

    Abração

    ResponderExcluir
  4. Catarino, eu crio que as pessoas tem consciência do perigo que correm ao deixar águas se acumularem em objetos. O problema tais pessoas acham que nunca serão picadas pelo mosquito da dengue.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Catarino pelo puxão de orelha dado á todos nós,depois as pessoas querem encontrar culpados por atos cometidos por elas mesmas,é essa indiferença do povo que precisa ser corrigida.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  6. E não esqueçamos que as plantas são capazes de guardar água durante um bom tempo, em cálices formados pelas folhas - as bananeiras e bromélias são um bom exemplo. Melhor dar uma sacudida para tirar a água ou fazer pequenos furinhos para escorrer e não ficar parada. Abraços, Nanda

    ResponderExcluir
  7. Cada um deve carregar consigo a responsabilidade, e não deixar a cargo de outros, pois a saúde é sua, minha e de quem estiver por perto.
    E essa tal de campanha, só começa quando está chovendo, sendo que deveria começar bem antes. Isso se chama mal planejamento do governo que elegemos para governar o País.

    Ou cada um faz a sua parte, ou vamos arcar com essa interminável epidemia.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts