O MST e suas verbas milionárias.

By
TCU barra verbas ao MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terras, mais conhecido por MST, sempre recebeu verbas federais para financiar suas ações.

É incrível que o dinheiro dos impostos de toda a população sirva para manter um grupo que invade propriedades e só saí depois de ação judicial. O Governo dá o dinheiro para eles alugarem ônibus, comprarem foices e facões e depois ainda tem que gastar com o sistema Judiciário para receber os processos e fazer a desocupação.

A Polícia Militar precisa deslocar um enorme contingente de policiais para vigiar as áreas ocupadas e depois executar a desocupação. Esses policiais deveriam estar patrulhando as cidades para proteger os cidadãos.

A Justiça demora anos para julgar os processos dos cidadãos, mas tem que julgar, em regime de urgência, os casos de invasão à propriedade que foi indiretamente facilitado pelo próprio governo. Foi ele quem deu verba para manter o movimento e proporcionar as ações, que normalmente são em protesto contra a falta de assentamento.

Veja quanto o Governo Federal repassou a entidades que representam o MST, recebem os valores e repassam.

2004 13.014.646,58

2005 10.680.614,30

2006 8.177.309,29

2007 2.001.655,50

2008 1.483.930*

* até novembro

Os valores estão diminuindo por conta do Tribunal de Contas da União que não tem aceitado a prestação de contas das entidades que cometem várias formas de irregularidades.

Veja maiores detalhes dos dados acima na reportagem no Jornal Zero Hora.


Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.

Se gostou do post subscreva nosso FEED.

10 comentários:

  1. O MST já não é mais um movimento social, mas sim político e já está caminhando para ser um movimento declaradamente armado (já que o é sem que o fale com todas as letras). Como o Brasil quer figurar entre os países mais desenvolvidos do mundo se patrocina esse tipo de vandalismo com dinheiro público?

    ResponderExcluir
  2. Catarino, será que você não entendeu ainda? Para ganhar dinheiro neste país precisa ser sem vergonha e folgado. Veja só o bolsa-familia, bolsa-gás, alimentação, moradia. E o financiamento também de causas antigamente honestas.

    Estou sendo irônico pois infelizmente neste país, para receber dinheiro do governo precisa fazer coisas erradas. Se tentar ser honesto e fazer a coisa certa, aí só tem encargos.

    []´s

    ResponderExcluir
  3. Sabia dos repasses, só não sabia que eram tão gordos assim! Um verdadeiro absurdo. Mais um, infelizmente, né.

    Abração

    ResponderExcluir
  4. negócio não é brincadeira não!

    Certa vez ao sair do trabalho dei carona a um amigo e este convidou um outro que trabalha em uma terceirizada.
    Fato: No Meio do caminho ele reclamou que ganhava pouco e que no final de semana iria participar de uma invasão de terras com um pessoal que pagou, na época, cerca de 10 anos, mil reais pela sua participação. Ele ainda nos convidou e disse que ainda estavam recrutando pessoas para a invasão.
    Obviamente que recusamos a "oferta".

    Dinheiro, dinheiro e mais dinheiro!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Mas não é só MST, tem muito mais. Sabem que já me convidaram para fundar uma ONG ? O objetivo principal era receber verbas governamentais para fazer que fazia ou algo parecido. Como não aceitei e a maioria que foi convidada não aceitou a coisa morreu por ali.
    Não sabia do volume de dinheiro Catarino.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Realmente este volume de dinheiro é impressionante e apavorante ao mesmo tempo.A dita reforma agrária não sai do papel e sempre dá pano pra manga, acho que nunca vai acontecer, enquanto isso, os dois lados se aproveitam para gastar o dinheiro público, tudo em nome de promover o bem comum.

    ResponderExcluir
  7. Catarino, vou resumir uma única palavra: isto é uma "ver-go-nha"!
    Abs
    Marcus, Criativo de Galochas

    ResponderExcluir
  8. Tá tudo errado. Quando organizarem um pouco que seja, o Brasil começa ir para frente.

    Não quero que volte a ditadura, mas é preciso mais rigor nas punições.

    ResponderExcluir
  9. Tê me sentindo um "estranho no ninho" aqui no seu blog.

    Acho muito justa a causa do MST.

    Pergunto a vocês se acham ruim os bilhões que o governo gasta com latifundiários e grileiros. Alguém aí acha que fazendeiro produz alguma coisa? Paga uma merreca para a peãozada trabalhar de sol a sol e fica com o lucro todo.

    Você tá muito ingênuo de acreditar em reportagem do ZH, um jornal bem fraquinho. Confere lá o único que caso que a reportagem menciona de aplicação incorreta das verbas. Trata-se de uma verba de R$ 230.000,00 para alfabetização de assentados. O Tribunal de Contas estranhou que não foram comprados livros de matemática ou ciências. Ou o os ministros do TC são analfabetos ou agiram de má fé, por que nada disso se usa para alfabetização.

    O MST está fazendo um belo trabalho. E uma coisa importante para o Brasil sair desse atraso que vocês mencionam é melhorar sua estrutura fundiária - permitir que pequenos proprietários vivam da produção agrícola e não precisem engrossar as favelas das capitais.

    ResponderExcluir
  10. André Egg...muito massa cara...assino embaixo!
    Muito se fala em desenvolver o BRASIl, que tal as pessoas verem como foi e estã sendo feito nos países ditos como desenvolvidos...lá se fez uma grande reforma agrária, e as coisas andaram...

    bando de fazendeiro sem vergonha, caloteiro que não pagam os impostos e as dívidas...pq vcs não falam disso, das dívidas dos latifundiários que não tem como pagar, porém estão sempre no carro do ano!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts