Pacote habitacional prevê aquecimento solar.

By

residencia com energia solar

O governo adotará o uso de energia solar térmica em substituição aos chuveiros elétricos nas casas populares construídas pelo programa “Minha casa, minha vida”. Além disso, para garantir a sustentabilidade ambiental do plano habitacional, haverá reaproveitamento de água, sistemas de coleta, tratamento de esgoto e a utilização de madeira de origem certificada.

O aproveitamento da energia solar, mesmo que apenas para substituir os chuveiros elétricos nas habitações, pode poupar 520 megawatts (MW) de energia/ano e evitar a emissão de 830 mil toneladas de gases poluentes. O custo estimado para a instalação dos equipamentos é de R$ 1,9 mil por habitação, o que corresponde a cerca de 3% do valor da obra.

“Isso não é custo, é investimento que vai virar economia. Será sentida no bolso dessas famílias, que vão pagar menos conta de luz, e pelo ambiente, que será menos poluído”, afirmou o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc.  As tecnologias e materiais ambientalmente sustentáveis vão variar dependendo da região do País. Em algumas localidades, por exemplo, poderão ser instalados sistemas de coleta e reaproveitamento de água de chuva. Já as placas solares devem ser utilizadas em todas as cidades.

O plano também prevê mais rapidez e simplificação dos procedimentos para os licenciamentos ambientais dos projetos de casas populares. A resolução deverá ser apreciada na próxima reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que será realizada até o final de abril.

A proposta inclui procedimento uniforme e simplificado para o licenciamento de empreendimentos de até 100 habitações, licença única para todo o empreendimento, um critério único para todos os estados e um prazo máximo de 60 dias para a expedição da licença ambiental. Entre as condições para o licenciamento estão a preservação de áreas de proteção permanente e a localização do empreendimento, que não pode estar localizado em área de risco e terá que ter infra-estrutura de esgoto.


Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.


Fonte Brasil Notícias

4 comentários:

  1. Se for feito assim mesmo é uma ótima iniciativa. Vamos aguardar para ver.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, Catarino!

    Muito boa essa iniciativa do Governo de se pensar ecologicamente as construções. Creio que o ideal seria que as pessoas que fossem construir a sua casa pensando no meio ambiente deveriam ter uma ajuda fiscal, pois estão contribuindo para que o planeta esteja menos poluído.

    Abraço,

    =]
    ----------------
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Boa notícia Catarino, já estava na hora de o governo fazer algo em relação à economia, pensando no meio ambiente.

    Esses gananciosos deveriam investir nisso já há tempo, mas, antes tarde que nunca...

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, eu estava procurando mais informação sobre o pacote e encontrei bastante coisa em:

    pacotehabitacional.blogspot.com

    Muito legal.Abraços.

    MG

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts