A crise mundial no psicólogo.

By
A crise mundial no analistaVeja a charge acima do ZéDassilva publicada no Diário Catarinense onde brinca que o mundo continua em crise mesmo recebendo toda a ajuda anunciada por diversos países.

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.

Se gostou do post subscreva nosso FEED.

8 comentários:

  1. Nem mesmo um psicólogo de sistemas financeiros seria capaz de solucionar esse tipo de crise. O.o

    Abraços
    .

    http://solucomental.blogspot.com
    http://ladobdiscotrash.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Os chargistas têm uma sensibilidade incrível. Sou fã de charges e essa do ZéDassilva está sensacional! Parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. uma pena que os empresarios aproveitem para demitir - na realidade catarino - esta crise nao existe - a quebradeira dos bancos é algo natural onde somente queira se ganhar - um dia se perde e se perde tudo. eu nao senti efeito nenhum da crise mundial - a amigo meu do santander me disse que é tudo balela para demitir e reconstruir alguns negocios - uma artimanha a partir da quebradeira americana das hipotecas. como eu sonho com uma quebradeira mundial onde o dinheiro nao tenha valor algum e as pessoas sejam valorizadas pela sua capacidade e não pela conta bancaria para mim seria bom uma catastrofe economica mundial onde todos percam tudo e tenham que começar na estaca zero mas isso nunca vai acontecer pois a o comercio mundial se adapta facil, facil as mudanças...mas meu sonho é a eliminaçao da moeda. um grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Por mais que eu seja sempre otimista, os efeitos da crise, seja ela uma crise psicológica ou real, estão sendo bastante sentidos, principalmente pelos lados aqui da minha região. Serão precisos muitos psicólogos como o da charge pra encontrar um alívio por enquanto. rs

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Uma relação econômica, que se baseia num capital que não está verdadeiramente disponível, é uma relação "edificada sobre terra, que, mais cedo ou mais tarde, irá ruir" por não ser uma relação economicamente sustentável. Alguns perderam dinheiro, outros não querem se reprogramar para uma nova realidade de lucros, outros estão sendo oportunistas à espera que os governos se sensibilizem com a sua ´interpretação teatral´,e por fim, há aqueles que apresentam sintomas ´psicossomáticos´. Vale dizer que não há médico que cure um doente que não quer ser curado.

    Um abraço.

    Nelson

    ResponderExcluir
  6. Muito boa essa! um abraço,chica

    ResponderExcluir
  7. Vírus polícos, vírus economistas, vírus banqueiross... Precisa é de muuito antibiótico.

    abs,

    Babo

    ResponderExcluir
  8. Esta crise nem Freud explica. Bela charge, Catarino.
    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts