Como usar o verbo Fazer.

By
Palavras, como usar o verbo fazer

A gramática normativa da língua portuguesa determina que o verbo fazer, na indicação de tempo decorrido e de fenômeno da natureza, seja impessoal.

Nesses casos, o verbo fazer não tem sujeito, por isso não tem com quem concordar, devendo ficar, obrigatoriamente, na terceira pessoa do singular. 

Veja o exemplo abaixo: 

- Faz quase três meses que entrei na faculdade. (tempo decorrido) 

- Faz calor demais em Brasília nos meses de agosto e setembro. (fenômeno da natureza) 

Se o verbo fazer vier acompanhado de outro verbo, forma que chamamos de locução verbal, passará a impessoalidade a este verbo (verbo auxiliar), e os dois ficarão no singular. 

Por exemplo: 

- Deve fazer oito meses que ela se foi. 

Mas em que situação esse verbo deve ser flexionado? Quando representar uma ação praticada pelo sujeito.

Neste caso, o verbo sempre concordará com o sujeito. 

Veja os exemplos abaixo: 

- As pessoas fazem muito mistério em relação às dificuldades da língua portuguesa. 

- Os funcionários fizeram greve na semana passada. 

- Fazem guerra suja os adversários.

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.

Se gostou do post subscreva nosso FEED.

Fonte texto e imagem: Escola da Previdência.

3 comentários:

  1. Fazer e haver sempre nos confundem, tem que estar sempre atento. Boa dica.

    Abs,

    Babo

    ResponderExcluir
  2. CARA O VERBO FAZER NAO TEM ELE PESSOAL SO IMPESSOAL

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts