Impostos no Brasil, resultado do corte.

By
Impostos no Brasil, resultados da diminuicao 

O Brasil é o país que mais cobra impostos no mundo. Com a crise internacional que atingiu a economia brasileira o Governo tomou a decisão de diminuir os impostos diretos dos automóveis. Essa medida foi tomada para que o comércio de automóveis não fosse muito afetado e a indústria pudesse manter os empregos.
O resultado dessa medida foi surpreendente, o número de automóveis novos vendidos nos primeiros meses do ano foram além do esperado. Com isso, e pela primeira vez do Brasil, o total arrecadado em impostos foi maior do que seria se a economia estivesse nos mesmos moldes dos meses em que os impostos não haviam sido baixados.
Se o Governo tivesse mantido a mesma alíquota de impostos toda a economia teria sofrido mais e a receita de tributos teria ficado ainda menor.
Segundo reportagem feita no jornal Zero Hora o total de impostos arrecadado pelo setor automotivo cresceu 10%. A diminuição do IPI foi compensada pela arrecadação de outros impostos indiretos, tais como PIS/COFINS, IOF e IPVA.
Agora o Governo anuncia que irá diminuir impostos dos materiais de construção e em notícia de hoje os logistas de Santa Maria dizem que já sentem o efeito psicológico da medida, ou seja, as pessoas estão empolgadas para iniciar obras. A diminuição do valor dos materiais envolvidos é bem pequena, em um saco de cimenta o valor diminuído é de aproximadamente  R$ 0,50 até R$ ,075. Mesmo assim os consumidores acham que agora vai dar para fazer um obra com preços mais em conta.
Será que não é hora do Governo pensar seriamente na reforma tributária do País e diminuir todos os impostos para que a economia realmente tenha condições de crescer.
Pelo exemplo de agora podemos dizer que o efeito seria surpreendente.

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.

9 comentários:

  1. Uma conta simples que o governo teima em não aprender, diminui as alíquotas dos impostos e arrecada mais. A prova esta aí só falta agir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Com certeza a saída a reforma tributária. Vim para desejar-lhe um ótimo feriado; para você e sua família.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, amigo Catarino, eu sempre me questionei quanto aos impostos no Brasil, sempre achei absurdo as tarifações.
    Sempre pensei nesta hipótese, acredito que até os políticos já tinham pensado nisto, mas nunca tiveram coragem para fazer reduções, acho que por medo das críticas e desaprovações de alguns da cúpula partidária, afinal nem todos pensam assim, aliás eles acham que quanto mais alta a taxa dos impostos mais alto serão os valores arrecadados, não é o que vimos com estas medidas simples e corajosa do governo começando pelo ipi nos automóveis.
    Por estas medidas parabenizo o governo, espero que continue assim, espero que ele nos surpreenda ainda mais, pois já estamos cansados das mesmices.

    Tenha um ótimo final de semana com saúde, paz e sucesso!
    Abraço,
    Moura
    http://www.blogomoura.com

    ResponderExcluir
  4. catarino - fica dificil acreditar em dados manipulados pelo governo. uma moto que valia R$ 6.000,00 voce compra por R$ 5.800,00 - isso nao vai mudar a disposiçao de comprar- o brasileiro paga caro pelo credito e pronto. Eu nao sou contra imposto e por mim deveriam ser até bem maiores. Mas a mulher do presidente tinha que tocar uminha para mim...tche na europa tu toma no cú pagando imposto mas tens retorno. O nosso pais é tao pau no cú que nao cobra imposto dos ricos para nao prejudica-los, afunda a classe média e tenta melhorar a situação dos miseraveis - Uma parcela expressiva da população sai prejudicada - aquele que ganha o suficiente para viver e nao sobra nada. - isso favorece o crime como o contrabando. por ai se desencadeia muitas coisas como drogas e corrupção - o brasil tem medo de cobrar imposto dos ricos por que é comandado por ricos - o B
    rasil tem medo de acabar com o seguro obrigatorio contra terceiros para veiculos automotores porque o pais esta nas maos de algumas seguradoras que nunca pagam o beneficio - tento dizer com isso catarino: como voce vai confiar em dados fornecidos pelo estado se ele aceita um monte de roubos descaradamente - o estado nunca diz a verdade - diz o que convem - isso é uma obviedade - li Maquiavel aos 15 anos quando militava pelos comunistas e hoje entendo porque ele foi tao importante na formação da cabeça de nossos lideres. um grande abraço e um sabado do caralho.

    ResponderExcluir
  5. Os impostos no Brasil estão na faixa dos 36%, e tem paises com índices maiores. Mas mesmo assim é uma taxa alta.

    Não é tão simples assim. O funcionalismo público é muito grande, e não da para demiti-los para reduzir custos. Sem contar os aposentados(Previdencia). Considerando apenas os trabalhadores e honestos. Isso sem contar os funcionários preguiçosos e que só mamam nas tetas do governo.

    Ainda tem o retorno financeiro das campanhas políticas que são desviados dos cofres(ou tu acha que gastam milhões em campanha política para receber apenas 10 mil por mês durante quatro anos).

    ResponderExcluir
  6. O curioso nessa história dos automóveis é que só se fala em como o corte do IPI impulsionou as vendas e aqueceu a economia (o que é fato). Ninguém fala em como, assim mesmo, os carros são absurdamente caros no Brasil. Nos EUA, um Corolla básico pode ser adquirido na base de US$ 16 mil, ou cerca de R$ 35 mil ao câmbio de hoje. No Brasil, o mesmo carro custa R$ 70 mil. É só imposto?

    ResponderExcluir
  7. Catarino,

    Na verdade, essa medida não teve grande efeito para a indústria, que mesmo com as vendas lá em cima, demitiram e estão trabalhando em baixa capacidade.
    Essa medida só serviu para descarregar os estoques, ou seja, é uma medida imediatista que não é sustentável, uma vez que a demanda gerada não é suficiente para manter a indústria aquecida.
    Agora que as indústrias estão com os estoques reajustados, não vão recontratar, uma vez que não há excesso de demanda. E podem ainda continuar demitindo, caso a força contratada seja inferior a necessário para a demanda que está por vir.
    Precisamos de reforma tributária sim, mas de forma que traga benefícios duradouros e não de curto prazo, que só servem para prestigiar o atual governo.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o post, ta ficando cada vez melhor continuem assim.

    Visita meu site: http://www.sempremaisestetica.com.br
    Desenvolvido pela namp: http://www.namp.com.br

    ResponderExcluir
  9. A baixa de impostos sempre é muito bem vinda, mas é temporária.Se os brasileiros querem que os impostos sejam muito menores no Brasil - e eles pedem ser - não adianta nada votar num partido socialista, como é o caso do PT.Quando se trata de impostos, eles sempre querem mais.Isto está na idologia do socialismo.Sem contar que vivem puxando o saco de ditaduras genocidas, como é o caso do regime cubano.Deve ser aquele o modelo ideal que esta gente quer para o Brasil.Deus me livre!!!

    PT REAFIRMA SEU CARÁTER SOCIALISTA
    http://www.youtube.com/watch?v=VNPjm0qfByc&feature=related

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts