Os fumantes e o emprego.

By
Fumar prejudica o emprego
Uma reportagem na revista Info diz que as empresas de tecnologia estão evitando contratar pessoas que fumam. Se fumar já faz mal a saúde agora fará mal também ao bolso, pois ninguém vive sem emprego. 

Oficialmente ninguém diz que não contrata fumantes, apenas são evitados na hora da contratação, mesmo que seu Curriculum seja igual ou até superior ao candidato não fumante.


Um estudo feito pelo Sebrae  determinou as principais causas de restrições para contratação de um candidato, que são: em primeiro lugar o alcoolismo, em segundo os que fumam e em terceiro lugar os que têm antecedentes criminais.  

Isso mostra que uma pessoa com algum antecedente criminal tem mais chances de ganhar a vaga do que uma pessoa que fuma.

Ultimamente os preços dos cigarros subiram devido ao aumento da carga de impostos e mesmo assim as pessoas continuam fumando.

Será que com todas essas restrições não haverá um maior abandono desse vício que tanto mal causa à sociedade? 

E você é fumante? O que falta para deixar esse hábito tão prejudicial?

Veja também: O preço do cigarro.


Se gostou do post subscreva nosso FEED.

10 comentários:

  1. Olá

    Não fumo e, em minha casa, ninguém fuma. Acho que é um desperdício e um grande prejuízo para a saúde. O tabaco devia ser ainda muito mais caro.

    Uma boa Páscoa!

    ResponderExcluir
  2. Pois é amigo Catarino, algumas coisas até compreendemos, o que não podemos aceitar é a pessoa ter consciência de que o produto só prejudica, não tendo nada de benefício e ainda continuar neste maldito vício.

    Infelizmente as coisas continuam de mal a pior por falta de conhecimento de muitos.
    Acredito que o conhecimento fortalece a pessoa a deixar o vício, por isso seu texto veio numa boa hora.
    Espero que desta vez os fumantes pensem bem a ponto de ter ânimo para deixar este vício que nos causa sofrimento e dor (câncer e outras doenças).
    Que os amigos passem a ler também o blog: http://www.euvouparardefumar.com/blog

    Feliz Pascoa, sem ovos ou coelhinhos, mas com saúde, paz, gozo, amor e presença espiritual de Jesus em sua vida e dos familiares. Amém!

    Saúde, paz e sucesso!
    Abraço,
    Moura
    http://www.blogomoura.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Catarino! Acredito que essa pressão toda sirva para que os fumantes se concientizem que também possuem uma dependência química que precisa de tratamento. O pior é quando se tem que conviver com alguém que fuma do seu lado e não respeita as pessoas envolta dele.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Acho um exagero isso. Não fumo, mas marcação desse jeito é meio exagerado

    ResponderExcluir
  5. eu acho assim que o tabaco deveria ser proibido e ñ ser em alguns lugares fechados mais proibi mesmo pra de vender e sem fala que prejudica muito saude ñ fume... FELIZ PASCOA

    ResponderExcluir
  6. Na minha opnião o cigarro nao deveria nem ter sido inventado, é mais um atraso de vida, nada que valha a pena!

    Visita meu site: http://www.sempremaisestetica.com.br
    Desenvolvido pela namp: http://www.namp.com.br

    ResponderExcluir
  7. Concordo plenamente com os empregadores que preferem contratar um não-fumante do que um fumante.
    Em todos os lugares que trabalhei, percebi que os colaboradores que mais fazem pausas durante o trabalho são os fumantes. Justamente para saciar o vício deles.
    Com isso podemos concluir que um empregado fumante é menos produtivo que um não-fumante.

    ResponderExcluir
  8. Não acredito que uma pessoa com antecedentes criminais fique na frente de pessoas fumantes... se ficasse na frente do alcoolatra ainda vai, porque ninguém vai querer um funcionário que chega bêbado no trabalho e apronta todas, ou naquela festa do pessoal do serviço, agora fumante
    ?! A não ser o mal da saúde e a exposição dos demais funcionários a fumaça, não vejo outra razão para ficar atrás de um cidadão com antecedentes criminais...
    Visita meu site:
    Solviver Piscinas - www.solviverpiscinas.com.br

    ResponderExcluir
  9. É preciso ser radical e agir sem emocionalismos. Já está provado que o fumante passivo também fica doente e morre ao inalar a fumaça dos fumantes. Então, é imperioso banir de vez o fumo em todo e qualquer lugar. Se quiser fumar e morrer lentamente que se vá fumar em casa. Se a fumaça do cigarro faz mal às pessoas, os viciados em fumo/cigarro não tem o direito de fumar em público não; isso é o cúmulo do egoismo. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderExcluir
  10. Acho que é de cada um contratar ou não fumante ou mesmo fumar (embora não fume). Mas acho que a campanha antitabagismo de governo está indo longe demais. Depois vão proibir comida gordurosa, com os mesmos argumentos. Como escreveu Demétrio Magnoli neste artigo no Instituto Millenium (http://www.imil.org.br/artigos/pastor-das-almas/): "Leis e atos do poder público têm a função de proteger direitos. Mas Serra e Costin parecem enxergar o Estado como um pastor de almas: o pedagogo dos espíritos devotado a esculpir comportamentos culturais. Sob essa perspectiva, os cidadãos ocupam o lugar de pupilos ainda irresponsáveis, expostos à sedução do vício e carentes de uma autoridade virtuosa capaz de protegê-los de si mesmos."

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts