Greve no INSS. Saiba a verdade.

By
Greve no INSS. Saiba a verdade.

Os servidores do INSS estão em greve. A greve teve início em 16.06.2009 e é por tempo indeterminado.

Os grevistas expõem cartazes dizendo que a greve é contra o rebaixamento de salários. Mas na verdade é apenas uma demonstração de força e para aparecer na mídia, pois os líderes têm interesse em serem vistos. Estamos próximos das eleições e é preciso estar em evidência para ter condições de se lançar como candidato.

Na verdade a revolta dos servidores é contra o retorno da jornada de trabalho para oito horas. Mesmo a lei prevendo a jornada de 40 horas semanais os servidores cumpriam somente 30.

Em julho de 2008, depois de anos negociando, o Governo fechou um acordo com os representantes dos servidores em que concederia um aumento salarial e os servidores retornavam para a jornada de 40 horas semanais. Quem quisesse ficar nas seis horas diárias podia, e ainda pode, fazer uma opção por esse turno. Nesse caso teria seus rendimentos diminuídos proporcionalmente.

O Governo cumpriu a parte dele e agora em junho passou a cobrar a nova jornada. Durante um ano o sindicato nada disse ou reclamou, agora quer manter o valor do salário aumentado e não quer que se cumpra o novo horário.

O Governo tem o acordo devidamente assinado e o sindicato diz que assinou sem concordar. Isso é muito estranho, pois ficaram quase dois anos negociando e no final assinaram o acordo e agora dizem que não estão de acordo com seus termos. Será que os representantes dos servidores não sabem negociar e não estão habilitados a representar um contingente enorme de servidores ou estão aplicando um golpe. Concordaram com o acordo para receber o aumento salarial e na hora de cumprir a jornada discordam e não querem ter o salário reduzido para ter o número de horas trabalhadas também reduzido.

A maioria das agências está funcionando com o deslocamento de servidores de outros setores, por isso se você for a uma unidade da Previdência não reclame dos servidores que lhe atenderem, pois estes não aderiram à greve. As reclamações devem ser feitas aos sindicalistas, pois os servidores em greve você não verá. Eles simplesmente vão para casa e ficam aguardando o resultado. As assembléias que decidem pela greve são compostas por uma grande maioria de aposentados. O sindicato paga as passagens para irem às reuniões e por isso as greves propostas são sempre aprovadas. A vantagem disso é que não há piquetes e a maioria da população nem sabe que há uma greve.


Reunião do sindisprev-RS

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

21 comentários:

  1. Olá amigo Catarino!
    Há sindicalistas e sindicalistas, inicio o meu comentário baseado em fatos. Quanto ao INSS, isso sempre me cheirou mal, até que eu precisei dele... Sempre em greve, e quando não estava, nem parecia.

    Esse vício de conduta displicente no atendimento ao usuário desses serviços, desculpe-me a generalização, dos servidores, sejam eles de esfera federal, estadual e/ou municipal, já é um jargão nacional. Há sempre as exceções, servidores cumpridores de seu papel, que atendem à demanda com cordialidade, mesmo que não tenha recursos físicos para tal, mas... não é a maioria.
    Bom, fico por aqui, já disse mais do que devia rs

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. discordo completamente de seus comentários... isso mais parece discurso frustrado. Alem de tudo nao é dessa forma, e falar por ouvi dizer pode ser fácil.

    ResponderExcluir
  3. Pra que trabalhar 8 horas? Pra que servir ao povo? Já passaram no concurso mesmo! Bando de safado! Não querem trabalhar aí então fazem greve!

    ResponderExcluir
  4. Olá, agente disfarçado do governo!

    Inverídica a sua afirmação de "que mesmo a lei prevendo a jornada de 40 horas semanais os servidores cumpriam somente 30" pois se assim o fazem é c/ base no Decreto 4.836/2003.
    Não se trata, pois, de RETORNO da jornada de trabalho para 8 horas.A jornada de 6hs dos previdenciários existe desde a Lei 1.711/52, continuou existindo sobre a égide da CLT e tbém qdo da criação do RJU- Lei 8.112/90, ou seja,há exatos 57 anos e ela vem de encontro à convenção da OIT, recepcionada pelo Brasil, qdo disciplina TURNOS ININTERRUPTOS DE TRABALHO, pois a Previdência presta serviços à população 12HS DIÁRIAS.
    Se a real intenção dos representantes dos servidores fosse "apenas uma demonstração de força e para aparecer na mídia pois os líderes têm interesse em serem vistos por estarem próximos das eleições e é preciso estar em evidência para ter condições de se lançar como candidato" , eleitos já estariam há mto pois essa tem sido a constante e cansativa luta deles desde os governos Figueiredo,Sarney, Collor, FHC e principalmente agora no governo Lula pois,juntamente c/ a maioria dos servidores públicos federais, foram os maiores responsáveis por sua eleição ao, ingênuamente, acreditarem na sua eterna e "incansável" luta pela classe trabalhadora, o qual agora, seduzido pelo poder, ignora as mazelas do serviço previdenciário "lavando as mãos" sobre as reais condições de trabalho a que esses servidores são submetidos.
    Como representante do governo, deve bem saber que nem todos locais de trabalho tem as condições físicas necessárias p/ um desempenho de excelência de trabalho, seja em questão de mobiliário, seja em questão de equipamentos em nº suficientes p/ todos os servidores, seja em locais adequados de trabalho; deve ter conhecimento tbém da tremenda pressão que eles sofrem no guichê de atendimento como "pára-raios" das eternas reclamações da população sobre fator previdenciário imposto pelo governo que reduzem suas tão esperadas e suadas aposentadorias e de sua defasagem brutal em relação às aposentadorias de vr mínimo em face ao índice diferenciado de reajuste; deve saber tbém do stress a que estão sendo submetidos ao tentarem cumprir a determinação do governo de atendimento de 30, 60 min como se fossem meros agentes de correio em recepção de correspondências, cujo trabalho se limita ao simples ato de receber a tarifa, bater o carimbo e despachar o cidadão.
    O trabalho dos previdenciários não se encerra em 01 simples batimento de carimbo, pelo contrário, envolve 01 complexa análise da VIDA do cidadão que não poderia e não deveria ser "cronometrada" como se fosse matemática pura(2+2 são 4)realçando que o grau de excelência de atendimento depende ainda e MTO da precisão dos sistemas informatizados que deveriam ser mais ágeis e mtas vezes não são por conta dos constantes congestionamentos de rede que não suportam o excesso da demanda. Deve ter conhecimento tbém dos relatórios elaborados pelos médicos especialistas em medicina do trabalho sobre todo esse estado de coisas,a pedido das entidades sindicais, que não resultam em nada pq o governo não cumpre o SEU DEVER de avaliação médica periódica de seus servidores como manda a lei.
    Deve ter conhecimento tbém que essa decisão do governo em aumento de jornada de trabalho está intimamente ligada à iminente perda de mão-de-obra qualificada diante do índice preocupante de servidores(em torno de 10 mil)prestes a se aposentar e que ele, mesmo devidamente informado pelos responsáveis e eficientes setores de RH, não repôs através de realização de concursos em nº suficiente.
    A perdurar essa decisão, é bastante previsível o seu desfecho: aumento no nº de afastamentos por licenças-médicas até pelos abnegados servidores que antes iam doentes trabalhar para servir à instituição, a exemplo de minha mãe que mtas vezes assim procedeu licenciando-se somente em casos cirúrgicos em 24 anos exemplarmente dedicados à instituição.

    Catarina, cuja ótica diverge totalmente do Catarino por vivenciar experiências totalmente antagônicas.

    ResponderExcluir
  5. SE O GOVERNO FEDERAL E INSS DEIXARAM OS SERVIDORES CUMPRIR A JORNADA DE 30 HORAS POR MAIS DE 25 ANOS E PAGANDO O SALÁRIO DE 40 HS, PORQUE O PT QUER AGORA EXIGIR 40 HS E REDUZIR O SALÁRIO DE QUEM OPTAR POR 30 HS? VOCÊ NÃO ACHA INJUSTO? VC POR ACASO É DEPUTADO FEDERAL OU SENADOR QUE GANHA MUITO E TRABALHA POUCO? PORQUE SERVIDORES DO INSS TRABALHAM MUITO, PRINCIPALMENTE NAS AGÊNCIAS. VÁ LÁ E COMPROVE PASSE UM DIA ATENDENDO O PÚBLICO DO INSS. ANTES DE FALAR MAL DOS SERVIDORES.

    ResponderExcluir
  6. Quem não quer trabalhar no inss que procure outro emprego. salario ta ruim? não fica lá. procura algo melhor. sou contra greve. servidor é pra servir ao contribuinte. ta ruim? pede pra sair! Já vai tarde!

    ResponderExcluir
  7. voce esta completamente equivocado, passe um dia atendendo os segurados 6h, e verá como a coisa funciona, o sistema para os servidores fazem o trabalho que um analista deveria fazer, um servidor de niveo médio tem que saber tudo de legislação previdenciária, além de que o próprio governo reconheceu a jornada dos sevidores ao editar em 2004 um edital em que constava que tecnicos deveriam trabalhar 30 horas semanais, agora depois de quase 5 anos eles querem que o cara opte por uma coisa que ele já optou e que o salário seja reduzido, como você se sentiria nesse caso: traido, enganado. O edital previa apenas serviços de suporte (administrativos) o cara faz tudo, habilita, concede, tem que saber se o documento é verdadeiro ou falso, confecciona processos, numera, verifica o direito do segurado, faz cadpf, cnis, tudo em 30 minutos. Você nem imagina o que é um sistema que não da segurança à ninguém. Eu vou para por aqui, pois senão você vai chorar meu caro. Pois é, tem também a GDASS, uma grande mentira, o cara vai ser avaliado pela média das agências, pelo colega, pelo chefe, e eles falam que isso é aumento, você não pode contar com o dinheiro para nada, você pode receber x por seis meses, x - 40 em outros seis meses, x - 60, quer dizer não existe aumento, nas agências existem pouquissimos servidores, eles vão matar todo mundo fazendo isso, ninguém consegue trabalhar 8h em uma agência da previdencia analisando processos é uma loucura, é colocar o servidor a beira da loucura mesmo. Por isso vá a uma agência e verifique o trabalho do servidor para depois expressar qualquer opinião.

    ResponderExcluir
  8. Ótimo esclarecimento!
    O que me deixa retada é que aquilo lá já é um antro! Ninguém é bem atendido, fazem pouco das pessoas e se acham os donos do pedaço e que podem fazer e desfazer das vidas de quem precisa recorrer à previdência.
    Agora, já trabalham pouco e querem ganhar para não trabalhar! Faça-me o favor! Enquanto professor faz greve para conseguir trabalhar e pagar as contas, esse bando de safado faz política e tenta enganar o povo!

    ResponderExcluir
  9. No regime democrático temos o direito de expor nossos pensamentos. Pergunto porque todos os depoimentos contrários foram feitos por anônimos. Eu quero mesmo é que aja debate de ideias e que as pessoas vejam os dois lados.
    A grande maioria dos servidores estão trabalhando para manter o atendimento a população. O Sindicato, através de uma federação, assinou um acordo e agora não quer cumprir a parte ruim que é trabalhar as oito horas diárias.
    O mais correto era não ter assinado o acordo por não concordar com os seus termos. Agora teria que negociar uma alteração e usar a greve como último recurso.

    ResponderExcluir
  10. 1- Sindicalistas: existem de todos os tipos, assim como qualquer tipo de profissional, cidadão ou político. Só lembro a todos que a maioria dos direitos que possuímos foram conquitadas através de greve e negociações dos sindicatos e federações;
    2- Fiz o concurso do edital 01/2004. Lá diz: "30 horas semanais". Quem não está cumprindo o contrato é o governo. A última vez que foi acordada a jornada de 30 horas, foi em 1984, onde o governo, sem dinheiro, ofereceu as 30 horas em troca de 0% de aumento. E na última negaciação, foi assinado pela federação a criação de um GRUPO DE TRABALHO (GT), e não a jornada de 40 hora semanais...;
    3- Procurar outro emprego? Por que? Esta greve é só para cobrar o que nos é devido!!!; E outra: Do ENORME salário pago, metade é GRATIFICAÇÃO, que NOS DESCONTAM 11%, MAS É RETIRADO DE NOSSA CATEGORIA...;
    4- Os servidores do INSS trabalham, E MUITO!!! Tentem ir no banco: 4 horas atendendo... Receita Federal, 3,5 horas atendendo... Judiciário, só à tarde, e desde que não tenha feriado 3ª ou 5ª pra emendar... INSS, 12 horas diárias!!!!! Quanto ao atendimento, há problemas sim: faltam servidores, equipamentos, capacitação, reconhecimento... E no INSS ainda existem pessoas para se reclamar, por que no resto, é só por telefone!!!!!;

    Por último, os servidores do INSS é brasileiro como todos!!! Existem bons e ruins, mas TODOS são vilanizados por culpa dos governos (TODOS), ao sucatearem o INSS, e principalmente, legislarem só em causa própria, ao invés de ser pelo povo que os eegeu!!!

    ResponderExcluir
  11. retificando: contribuímos com 11% do TOTAL DOS VENCIMENTOS, incluindo as gratificações, mas as perdemos quando da APOSENTADORIA!!!

    ResponderExcluir
  12. Pseudo intelectual, falar mal de servidor público é senso comum(errôneamente) e traz boa aceitação. Formulazinha barata para atrair visitas. Comentários sem embasamento e até faltando com a verdade, pois a grande maioria da população é burra e não vai procurar saber a verdade.

    ResponderExcluir
  13. Bem ao contrário do processo de alienação e aceitação de muitos, uma parcela da população não sofre desse mal. Como alguns disseram, "Quem não quer trabalhar no inss que procure outro emprego", graças a deus, dessa resignação alguns não sofrem e lamento por quem vê as coisas deste jeito. Muitos estudam para conseguir outras coisas, mas não quer dizer que deva agir com passividade e aceitar o que lhe é imposto! Sem reflexão!
    Se é difícil analisar os fatos, e tudo que há por trás dos panos, por uma pessoa consciente, o que dirá de uma pessoa em um estado de torpor mental !?
    Concordo que a greve não é a melhor solução, tanto para servidores como para a população, ainda mais sabendo que o INSS é um dos principais instrumentos de distribuição de renda do governo. Sabemos que bons sindicalistas são difíceis de se achar, e que obviamente cometeram erros, vide negociações.
    Mas os fatos são claros, e as comparações com outras carreiras inevitáveis! Por que diante de tamanha complexidade das atividades que um trabalhador enfrenta, ele não poderia ser retribuido, e a ele dado toda a infra-estrutura necessária para cumprir com suas obrigações! Entre outros disparates! Tenho certeza que a vontade de toda a população e de ser atendida dignamente, e é a mesma vontade da maioria dos servidores.
    Bem, há muito que se argumentar, a favor e contra muitas coisas.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. ESTOU DE ACORDO COM O ANTONIO, VIU GOVERNISTA DISCARADO. QUAL É SUA FRUSTAÇÃO A DA NOSSA GREVE TER SAIDO APESAR DA LIMINAR QUE O GOVERNO GANHOU CONTRA A MESMA OU A DE TODOS OS PETISTAS E EX-PETISTAS, QUE DURANTE MUITOS ANOS SE DOARAM DE TODAS AS MANEIRAS PARA AJUDAR A CONSTRUIR ESTE GOVERNO, ESTÃO REVOLTADOS PORQUE DESDE 2005 ESTÃO AGUARDANDO A FORMAÇÃO DOS GRUPOS DE TRABALHO PARA DAR AOS SERVIDORES DO INSS, O MESMO TRATAMENTO DISPENSADO AOS SERVIDORES DA RECEITA TRIBUTÁRIA, DA ANVISA, DO IBAMA E DO MEC, QUE ESTÃO DEBAIXO DO MESMO PODER EXECUTIVO, PORÉM COM CARREIRAS PRIVILEGIADAS, TÃO DIFERENTES DE NÓS, QUE ATÉ PARECE SER O PRESIDENTE DELES OUTRO DIFERENTE DO NOSSO E NÃO O MESMO. DESDE 2005 O GOVERNO NOS ENROLA COM A CONVERSA DOS GRUPOS DE TRABALHO PARA SE DISCUTIR A CARREIRA, PORÉM ATÉ A PRESENTE DATA ESTES GRUPOS NÃO SE FORMARAM E SEMPRE QUE NÓS AMEAÇAMOS COM A GREVE O GOVERNO DIS QUE VAI RETOMAR A DISCUSSÃO DA CARREIRA COM A FORMAÇÃO DOS GRUPOS COMO ESTÁ NO ACORDO ASSINADO NO ANO PASSADO E, NÃO CUMPRIDO MAIS UMA VEZ, PORÉM MESMO SENDO AINDA DO PT. NÃO POSSO FICAR DO LADO DO GOVERNO NETA HORA, QUANDO TENTA NOS TIRAR DIREITOS QUE TEMOS RESGUARDADOS DESDE DOS GOVERNOS PASSADOS QUE ERAM DA DIRETA, PERMITIR QUE TODAS AS CONQUISTAS SEJAM JOGADAS NO LIXO E NÃO LUTAR PARA PRESERVA-LAS É COMO SE EU JOGASSE FORA TUDO QUE APRENDI COM O PT DURANTE TODOS ESTES ANOS QUE ESTIVE NA MILITANCIA E QUE HOJE É GOVERNO. DIRETOS, CONQUISTA DIGUINIDADE E RESPEITO NÃO SE JOGA FORA E SIM SE PRESERVA. NESTE MOMENTO DEIXO DE DEFENDR O PARTIDO PARA DEFENDER O MEU SALÁRIO TOTAL SEM REDUÇÃO, A JORNADA DE TRABALHO DE 30(TRINTA HORAS), QUE FAÇO A 25(VINTE E CINCO ANOS), E UM VENCIMENTO BÁSICO, PORQUE ESTE SIM QUE É SALÁRIO("VB"), ACIMA DE 3.000,00 NÃO DE 763,00 COMO CONTINUA SENDO, PORQUE O RESTANTE É SÓ GRATIFICAÇÕES, QUE SE TEM HOJE E PODE-SE NÃO TE-LAS MAIS AMANHÃ. OUTRA COISA A MAIORIA DE NÓS SOMOS SERVIDORES ANTIGOS JÁ ESTAMOS PRESTES A NOS APOSENTAR E PRECISAMOS TER NOSSOS SALÁRIOS GARANTIDOS, JÁ QUE ESTA É A NOSSA UNICA FONTE DE RENDA, POIS NÃO SOMOS POLÍTICOS QUE TEM VÁRIAS APOSENTADORIAS, APENAS TRABALHAMOS PARA ELEGE-LOS E LHES DAR TODAS AS OPORTUNIDADES E REGALIAS QUE HOJE DESFRUTAM.

    ResponderExcluir
  16. Catarino,

    Já dizia o outro: Isso é uma VERGONHA.Post maravilhoso e esclarecedor, obg pelo convite.

    ResponderExcluir
  17. E mais uma vez o governo consegue desinformar e confundir a população... Que vergonha!

    A jornada de 30 horas existe há 25 anos! Mas agora eles estão manipulando informações, distribuindo cargos para sindicalistas e chefes de agência para aumentar a jornada de trabalho do servidor público sem ter que aumentar o salário proporcionalmente.

    Se o servidor público já trabalhava 40 horas antes, como é que o governo planeja a abertura de centenas de agências e aumento no horário de atendimento sem contratação de mais funcionários?

    ResponderExcluir
  18. Quem é Catarino? não conheço, ainda bem.

    ResponderExcluir
  19. Quando leio textos como o do Catarino, sinto vergonha de ser brasileiro.

    ResponderExcluir
  20. Primeiramente queria falar que o blog ta show em seu Catarino, e segundo que essa Alcione Torres só pode ser professora mesmo pra falar isso, antro é essas salas de aula de hj em dia que os professores ñ dominam.
    Quem trabalha ou trabalhou no INSS sabe como é a falta de condições, impressora que não imprime, ter que explica dez vezes a mesma coisa pra um segurado e ele não entende, fazendo o atendimento ficar mais demorado(mas isso não é culpa do segurado, é culpa dos professores que passam os alunos de qualquer jeito)sem falar da falta de funciónários pra demanda tão grande de gente, no fim sobra tudo pros estagiários hehe.

    ResponderExcluir
  21. eu passo varias humilhações a dois anos na Previdência mas não tenho nada a reclamar dos funcionários excetuando claro os Médicos Peritos que deveriam ter vergonha do que estão fazendo ja presenciei pessoalmente altas absurdas eu mesmo estou a sete meses sem receber a empresa não aceita eu de volta e a Previdência diz que estou bem e terrível,mas como todo lugar publico tem os abusos e isto so vai acabar quando ouver justiça e infelizmente e demorada mas acontece porque ser honesto e o que nos resta...fuiiiiii

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts