Saudade sem saber do que.

By
Saudade sem saber do que

Muitas vezes fico pensando que temos saudade e não sabemos do que. O mais normal é sentir saudade de alguma pessoa, algum acontecimento ou lugar. Mas há uma sentimento genérico em que sentimos saudade de uma vida que passou.

Parece que nossa vida de hoje é completamente diferente da vida de antigamente. Hoje vivemos correndo, é o trabalho e outros afazeres que preenchem nosso tempo. Nossa vida passa e fica a sensação de que estamos deixando alguma coisa por fazer.

Antigamente, parece, nossa vida era mais tranquila e os dias passavam mais lentamente. Havia tempo para conversar com os vizinhos, amigos e parentes. Hoje todos esses estão muito ocupados e até nossos filhos já têm suas atividades para cumprir.

Até a minha cidade parece não ser mais a mesma. Fiquei muitos anos vivendo em outros lugares e quando voltei senti uma sensação estranha. Caminhava por ruas conhecidas e não reconhecia os lugares. Tudo havia mudado e parece que uma nova cidade havia sido criada no mesmo lugar. Os prédios e as pessoas foram substituídos. É muito raro encontrar uma pessoa que conhecia há muitos anos, não sei para onde elas foram. Devem estar por aqui, só que estão correndo muito e por isso não param nos locais para serem vistas.

Não rua onde me criei não há mais nenhum morador daquele tempo e nem os imóveis são os mesmos.

Por isso sinto uma saudade sem referência, uma saudade sem saber do que.

Será que isso é uma impressão minha, por ter vivido em muitos lugares e não ter visto minha cidade mudando ou as outras pessoas também sentem esta saudade sem explicações?


Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post
subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

4 comentários:

  1. Catarino isso está me cheirando a nostalgia, saudades de um tempo que nao pode voltar a nao ser na memória e na saudade da gente, é a idade, rs. Faz parte. E que bom que vc tem coisas para recordar. Tem gente que tem coisas que quer esquecer.

    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Isso acontece comigo sim, Catarino, mas como você disse, não exatamente com pessoas, e sim, por coisas ou momentos que não podemos encontrá-los mais. Mas isso é bom, pois como disse Georgia, tem gente que tem coisas que querem esquecer. Melhor ter o que recordar do que ter coisas pra reclamar (o que não falta hoje em dia).

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. O tempo passa rápido demais, sinto saudades do meu tempo de infância, a melhor época de nossa vida, saudades de pessoas queridas que se foram...
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Catarino,

    Estou passando para dizer que tem um selinho para vc no meu novo blog, Baú do Múltiplas, criado especialmente para alojar os presentes que recebo dos amigos.

    Existe 2 formas de encontrá-lo: Indo no múltiplas e clicando no baú ou diretamente no endereço http://baudomultiplas.blogspot.com

    Bjão!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts