Lições da novela Caminho das Índias.

By
Lições da novela Caminhos das Índias.

Muitas vezes lemos que as pessoas que demonstram falta de caráter foram levadas a isso devido às dificuldades da vida. Eu acredito que nosso comportamento e retidão se dão por alguma característica que trazemos ao nascer.


Uma pessoa que tenha sido criada com todos os confortos pode ingressar no mundo do crime e outra que enfrentou muitas dificuldades pode ser um exemplo de comportamento.


Na novela Caminho das Índias esse tema é mostrado por meio dos seus personagens. O personagem Bahuan, um dailit, foi criado por um rico e influente cidadão, teve todos os confortos e estudou nas melhores escolas, mas se mantém uma pessoa de mau caráter. Não consegue viver sua vida sem perseguir os outros personagens. Ao mesmo tempo há um personagem chamado Hari, um menino dailit, que é criado numa família muito pobre. Esse menino estuda com dificuldade, a professora não deixa ele se aproximar dos outros alunos e tem que ficar ao fundo da sala. Para compensar ele estuda mais fora da escola. Esse menino teria tudo para ser um malfeitor, um revoltado, mas demonstra ter uma boa índole. É amigo dos pais e das outras crianças. Tem esperança e quer ser um grande homem.


Hari

Já o outro personagem demonstra uma vida amarga e concentrada nas realizações dos outros. Tudo que tem não lhe serve.


O que o autor mostra na novela acontece também na vida real. Todos nós conhecemos alguma pessoa que tinha tudo para ser um cidadão de sucesso e não é por conta de sua inveja. Concentram-se mais nas realizações dos pseudos inimigos do que suas próprias. E há também muitos que lutaram para sair do estado de pobreza e se tornam excelentes cidadãos, ótimos pais e amigos.

Os pais precisam estar atentos ao comportamento de seus filhos, não basta dar tudo o que eles precisam em questões econômicas e sim estar atento as tendências, comportamentos e amigos que atraem.



BahuanFonte: Site da Globo.
Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

13 comentários:

  1. Amigo catarino, esse post que vc criou mostra a realidade das pessoas e seu carater, o que tem de gente que era pra ser uma pessoas especial, mais acaba sendo um frustrado e revotado.

    xanguinho

    ResponderExcluir
  2. Amigo Catarino
    Na doutrina Espírita aprendemos que é muito mais difícil a "prova" da riqueza do que a da pobreza e a gente acaba, em nossa ignorância, não entendendo muito bem. Mas o fato é que o fator econômico não é regra absoluta para determinar o bom ou o mal caráter de alguém, muito mais forte é a formação deste caráter proporcionada pelos pais como você mesmo coloca em seu post.

    ResponderExcluir
  3. Amigo Catarino

    Na doutrina espírita, aprendemos que muito mais difícil que a "prova" da pobreza é a prova do dinheiro, e nós "humildes e ignorantes" muitas vezes não entendemos o que isto quer dizer. Mas sabemos que a condição econômica não é regra para a formação de um bom ou mal caráter. Maior influência tem sim a criação dada pelos pais, mostrando que o caminho da retidão de caráter pode não ser o mais lucrativo, o masi tranquilo, mas com certeza o mais admirável e feliz.
    Acho que esta novela faz um grande sucesso também pela abordagem da FÉ, tão importante e tão esquecida nos dias de hoje, seja ela independente de qualquer religião.
    Parabéns pela postagem.

    ResponderExcluir
  4. Catarino,

    Isso é comparado há duas pessoas que saem de um mesmo terminal com destino a um mesmo lugar. Mas, no meio do caminho, um deles desvia para um lugar obscuro.

    Gostei da referência que fez aos personagens da novela de Glória Perez para tratar deste tema. De fato, os pais devem ficar atentos, pois educar vai muito além da manutenção econômica; é, sobretudo, observar o comportamento do filho para verificar se há algo errado nele, e tentar modificá-lo enquanto há tempo.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. É Catarino, cada vez mais percebo q qto mais rico, mais dinheiro a pessoa quer e mais mau caráter fica, minha cunhada,promotora de justiça, acaba de lesar os irmãos ficando com toda a herança de minha sogra p/ ela, já trocou o carro e fez 2 plásticas.Nenhum advogado topa a causa devido ao cargo q ela ocupa.Podre isso, não?
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Excelente análise psicológica dos perfis dos personagens da novela. Isso comprova que o caráter pode ser adquirido, mas o temperamento já nasce com o indivíduo.
    Abraços,
    Janeisa

    ResponderExcluir
  7. Oi, Catarino,
    Estive lendo aqui sobre as personagens Bahuan e Hari. O meio em que uma criança é criada influencia muito em sua personalidade mas, não é o fator determinante. Somos indivíduos que possuem o livre arbítrio e consequentemente escolhemos os nossos caminhos vida a fora.
    Considero muito legal que tenha abordado esse tema: as diferenças individuais. Tenho focado muito isso no meu blog de educação http://cucasuperlegal.blogspot.com pois somente através de uma educação direcionada para a formação de valores sociais poderemos viver em uma sociedade melhor.
    Bjux e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Olha, primeira vez que frequento seu blog, gostei do texto, poderia ser um pouco mais aprofundado, tem tantos exemplos, de certo modo o ser humano é sim fruto do meio em que vive, aliado à indole própria e ao comportamento e exemplos adquiridos pelos outros individuos que frequentam um meio. Seria muito interessante abrir uma discussão, ou aprofundar em um outro post este assunto =)

    Grande abraço e sucesso com seu blog, é dificil encontrar um bom blog hoje em dia

    ResponderExcluir
  9. Olá Catarino, independente da maneira à qual os pais criam os filhos (óbvio que também é fator determinante), o carater irá se formar ao longo do tempo e das vivências individuais de cada um, um bom olhar sobre a novela. abraços Marco

    ResponderExcluir
  10. Comparar o Bahuan com o Hari está errado, pq vc não sabe como foi a infância de bahuan nos seu dia-dia.
    podia ser um menino como Hari, carinhoso e educado.
    Seria justo comparar Bahuan com o Hari,se Hari fosse um homem na mesma faixa etaria de Bahuan,
    Um querendo vingança e outro sendo humilhado mas não querendo se vingar...
    Aí sim podemos comparar.
    Quem vai dizer que quando o Hari crescer não vai sentir na pele como Bahuan está vivendo.
    Na na India vc pode ser milhonário mas ser for um
    Dailit vai ser excluido, segundo a novela.

    ResponderExcluir
  11. Agradeço a participação de todos.
    Respondo ao Nilton. Talvez você tenha razão, minha intenção foi justamente chamar a atenção para o risco de uma pessoa se tornar problemática mesmo quando os pais lhe dão todo o conforto.
    Não sou especialista neste assunto, escrevi minha percepção. Pelo que consta o personagem Bahuan teve uma excelente educação, viajou para o exterior e sempre teve provido pelo pai adotivo tudo o que precisou.

    ResponderExcluir
  12. O assunto é bastante delicado, pois, pode ser visto de várias maneiras.

    Entendi a sua intenção no artigo, Parabéns!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts