A guerra no trânsito e a falta de gentileza.

By
A guerra no trânsito e a falta de gentileza.


O trânsito em todas as cidades é sempre uma guerra. Os pedestres culpam os motoristas e estes os pedestres. No meu entender os dois são culpados, pois não somos sempre motoristas ou sempre pedestres.

Observando as pessoas no trânsito nota-se que o que falta e gentileza. Quando um motorista para seu carro para uma pessoa fazer a travessia esta deve fazer um gesto de agradecimento, com isso o motorista ficará incentivado a manter essa atitude. Não é isso que se observa, as pessoas se comportam como se fosse obrigação do motorista e por isso não é necessário agradecer e ainda passam bem devagar e, as vezes, ainda olham de cara feia para o condutor.

Muitos motoristas não param e ainda buzinam para que o pedestre saia da frente, isso também é errado. São essas pequenas atitudes que tornam o trânsito tão violento. Ninguém quer ser gentil e fazem questão de se manter em guerra.

E essa guerra não é só entre pedestres e motoristas, a pior parte da violência fica entre os motoristas mesmos que se matam por qualquer coisa. Se precisarmos entrar numa via ninguém dá uma oportunidade, parece que pensam ele que vá se danar ou estou na via, ele que espere. Não custa nada dar passagem, o tempo perdido é mínimo e é sempre bom fazer alguma coisa boa.

Em Porto Alegre a prefeitura está fazendo uma campanha para melhorar o trânsito, mas as notícias são de que está havendo muito pouca contribuição, tanto da parte dos motoristas quanto dos pedestres.

A Polícia Militar aqui do RS tem feito um trabalho de conscientização das crianças para as regras de trânsito, eles montam uma pista com os sinais de trânsito e as crianças fazem o papel dos motoristas e precisam conduzir seus veículos de acordo com as regras de trânsito. Essa atitude é muito importante, pois só ensinando as crianças é possível mudar a relação tão conflituosa do trânsito. É preciso que o Governo coloque uma disciplina de regras de trânsito nas escolas para colaborar também. Os pais também podem ensinar as crianças e darem o exemplo quando estão dirigindo, pois senão de nada adiantará o ensino. As crianças costumam fazer aquilo que os pais fazem, mesmo que seja o errado.


Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

8 comentários:

  1. Oi, Catarino!

    Parabéns pelo post que não deixa de ser um alerta importante para todos. Ainda não dirijo, mas aqui em BH não é diferente: motoristas, motociclistas e pedestres parecem estar em guerra nos cruzamentos. É preciso, antes de tudo, ter respeito.

    Abraço,

    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito bem postado, concordo em tudo com vc. O que acho que irá trazer um resultado futuro bem mais favorável é este trabalho de aprendizagem e conscientização das crianças. Talvez, com esse cuidado precoce de educação do trânsito, a próxima geração terá um caminho mais usave pela frente, para ambos: pedestres e motoristas.
    Abraços,
    Janeisa

    ResponderExcluir
  3. Olá, Catarino!
    Só para início de conversa, AMO essa idéia de que "gentileza gera gentileza", tanto é que até tenho essa mesma imagem que você utilizou nos meus blogs, de forma fixa, e não é de hoje! : )

    A questão do nosso trânsito é mesmo muito complicada, mas se cada um de nós não fizer a sua parte, a coisa nunca vai melhorar. É necessário nos colocar no lugar do outro para analisarmos bem as situações em que somos expostos e assim decidir nossa melhor conduta. Gosto sempre de me imaginar no lugar do outro para poder pensar e agir melhor.

    Bjos pra vc e adorei o post!

    ResponderExcluir
  4. Catarino,

    Muito oportuno o seu texto. Tive o privilégio de conhecer o "Profeta Gentileza" desde a minha infância, e muitas vezes o avistei quando passava de ônibus indo para o trabalho.
    O trânsito aqui no Rio, principalmente nas vias de acesso à cidade - Avenida Brasil e Linhas Amarela e Vermelha - é por demais agressivo e violento. Agressivo pela atitude de motoristas e motoqueiros: cada um quer o seu espaço "na marra" sem se preocupar no que vai acontecer a ele ou ao outro. Uma vez um sujeito me fechou, forçou ultrapassagem e foi embora. Lá na frente estava ele embaixo de um caminhão.
    Hoje não dirijo mais por recomendações médicas, mas adoro dirigir e espero poder voltar a fazê-lo.
    Parabéns pelo post! Abraço saudoso [porque eu demoro a visitá-lo] do amigo

    Antonio

    ResponderExcluir
  5. Olá, Catarino!

    Na verdade, o que existe é falta de educação dos motoristas que não respeitam a sinalização transformando as nossas vias públicas em verdadeiras batalhas. Eu sou a favor de um rigor forte nas penalidades para os motoristas infratores. Isso significa mais multas e mais pontos da carteira perdidos. Quando dói no bolso as pessoas passam a respeitar mais.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  6. Vc falou tudo!!

    Tudo é questão de educação, e educação desde cedo, e não qdo o cara já se tornou um boçal irresponsável. Campanhas de prevenção como estas devem ser regra em todo o país!!

    Parabéns!! É isso aí!! Gentileza como reação em cadeia!!

    Abraços!!

    Ebrael.

    ResponderExcluir
  7. Saudações!
    AMIGO CATARINO,
    Excelente Post!
    O problema maior é falta de conscientização...Carro é feito de ferro e aço etc. Muito pensam que um automovel está revestido de borracha, somado a falta de educação, o resultado é acidentes e muitas vezes até morte!
    Parabéns pelo excelente Post!
    Abraços!
    LISON.

    ResponderExcluir
  8. Por vezes basta um gesto simples e cordial para que tudo corra sobre rodas. Infelizmente, as pessoas preferem envenenar-se com as dificuldades diárias, descarregando as suas frustrações sobre os outros.

    Todas essas iniciativas com as crianças e a colaboração das escolas na educação rodoviária, é muito positiva. Seria muito interessante se também fizessem aulas para adultos! :)

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts