Fim do mundo em 2012 e depois... Olimpíadas.

By
Fim do mundo em 2012 e depois... Olimpíadas

O texto abaixo faz uma divertida análise das chances que temos de ganhar medalhas nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, isso se o mundo não terminar antes.

"Em meio ao revoar de balas perdidas (uma epidemia nacional), ganhamos o direito de efetuar as olimpíadas de 2016, talvez porque tenhamos demonstrado que temos “bala na agulha”. A propósito, se houver alguma modalidade sobre derrubadas de árvores ou de helicópteros, teremos uma boa chance de medalhas.

Outra modalidade que está cada vez mais ganhando força (e perdendo qualquer esperança de justiça ou moralidade) é o arquivamento de denuncias governamentais sem barreiras (em qualquer esfera política).

Atualmente dispomos de dois fortes concorrentes nesta modalidade de arquivamento, um em Brasília, que trabalha lá (isto foi uma piada, ok?), e por mais denúncias que apareçam, ninguém consegue colocar os seus vultosos bigodes de molho. Ele, porém, deve estar conseguindo molhar outras coisas, já que arquivam tudo o que envolve a sua imortal pessoa. A segunda concorrente é aqui do RS, governando o próprio mandato e desgovernando todo o resto (quando digo: “todo resto”, eu estou me referindo a todos os gaúchos que vivem sob seu jugo).

Sem mudar muito de assunto, mas já mudando, enquanto por aqui os helicóptores caem, lá nas terras do Tio Sam os balões sobem. Como na história do balão que carregou um menino (ao invés de ser o contrário). Notei que desta vez foi um brasileiro que provavelmente serviu de exemplo para os devaneios americanos, visto que fomos precursores (olhando apenas o passado recente) no lançamento de um padre voador, movido a balões, e que talvez não tenha entendido bem como deveria fazer para ascender aos céus.

Voltando as olimpíadas, nossa torcida terá que começar bem antes do que a de qualquer outro país, pois não torceremos apenas por nossos atletas, torceremos também para que os governantes de nossa nação parem de agir como seres sem qualquer noção. E não pensem que bastará fazer como há pouco tempo atrás, onde esconderam nossa pútrida pobreza dos pudicos olhos papais, quando o pontífice veio visitar nossos umbrais.

Antes de tentarmos acertar o tiro na mosca, ou a flecha no alvo, temos que procurar acertar o orçamento necessário para realização do evento, para que ele não acabe se tornando 500% maior (estou sendo otimista) do que a previsão inicial, como geralmente acontece.

Todas essas divagações somente valem se o mundo não acabar em 2012 (é claro), algo que seria bem possível de acreditarmos, já que se a humanidade gosta de crer  em coisas escritas a mais de dois mil anos, qual o problema em achar que os iluminados Maias não poderiam estar certos? (se bem que vaga-lumes também são seres iluminados, e nem por isso encontramos pessoas acreditando neles... bem, talvez algumas).

O fim do mundo pode ser entendido de várias formas, por exemplo, muitos podem entender que o fim do mundo é alguém ser contratado para cantar o hino nacional sem saber a letra. Outros podem entender que cair para segundona é pior do que qualquer apocalipse, e por aí vai. O fim do mundo acontece a cada instante perdido, a cada chance desperdiçada, ou toda vez que deixamos acontecer o pior quando poderíamos ter evitado. O fim do mundo é o arrependimento guardado em nossas lembranças... E que venham as olimpíadas."






NOTA DO AUTOR: Os amantes da leitura agora dispõem de um excelente portal chamado: www..skoob.com.br, funciona como uma rede social (tipo orkut), mas com ferramentas de leitura, tipo: Estante virtual para cadastrar seus livros, histórico de leitura, resenhas, etc. Quem quiser participar vai encontrar por lá o meu singelo livro “Hoje é seu aniversário”, não esqueçam de adicioná-lo em suas estantes, ok? Quem quiser também pode me pedir uma cópia em PDF do livro, ou para fazer parte de minha lista de leitores, que recebem semanalmente meus textos, para isso basta enviar um e-mail para:abrasc@terra.com.br.


SOBRE O AUTOR: Antonio Brás Constante se define como um eterno aprendiz de escritor, amigo e amante da musa inspiração. Lançou recentemente o livro: “Hoje é seu aniversário – PREPARE-SE”, disponível pela editora AGE (www.editoraage.com.br). 

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

10 comentários:

  1. Catarino,

    Se existirem profetas de verdade, esse são os bankeiros: eles dizem q o Brasil vai dar certo e sua bola de cristal (os índices,famosos já) mostram isso na "realidade". Eles predizem, por atos e palavras, que a Previdência vai falir em breve!! E não é q eles acertam!!

    Eles próprios fazem as profecias e eles mesmos cuidam de executá-las!!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Catarino,

    Muito interessante o texto do autor. Por ser irônico, o texto nos leva a reflexão.

    Gostei quando ele relacionou a queda a farsa do balão que subiu nos EUA com a caída do balão do padre no Brasil.

    Gostei.

    Abraços e boa sexta.

    ResponderExcluir
  3. Catarino,

    Estou voltando aqui para lhe desejar um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto.
    Mas, o que preocupa é que tem muita gente levando ao pé da letra esta profecias.

    ResponderExcluir
  5. O mundo eu não sei, mas o Brasil, do jeito que vai, com certeza acaba antes de 2012.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, muito bom o texto, pena que vamos perder na modalidade lançar meninos em balões, já que o padre já não existe...
    Quanto a parte séria, realmente acho que 500% a mais é pouco, e que infelizmente a corrupção aqui é tanta que nem consigo imaginar como vamos ser vistos quando acontecer o pior nas olimpíadas, ou na copa, dois anos antes...
    Isso se conseguirmos mesmo, já que não acredito que tudo esteja preparado como deveria estar até lá... E se por milagre ficar tudo pronto, vai ser só acabar o evento que vão largar tudo às traças...
    Uma pena...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. O talento que o brasileiro tem de escrever sobre suas mazelas e ainda de um modo alegre, torna-o único entre todos os povos do mundo.
    Muito interessante este texto.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Catarino, este texto é sensacional. Eu li duas vezes e rolei... só mesmo usando de humor negro. Recentemente li sobre mais uma das profecias: o fim do mundo em 2012. Se falar em Rio de Janeiro, já estamos vivendo isso. Temos que rezar para ter um número razoável de Cariocas vivos e assistir, pessoalmente, algumas modalidades de esporte em 2016.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Excelente texto, não tenho nem o que comentar... perfeito!

    ResponderExcluir
  10. Por falar em 2012, eu vi o filme antigo e o novo. Totalmente diferentes.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts