A história do pagamento com cheque.

By
A história do pagamento com cheque.

Era o ano de 1981. Naquele tempo os alugueis de imóveis eram tratados diretamente com o proprietário. Eu recém tinha sido admitido no banco e por isso passei a ter conta e talão de cheques. O crédito do salário era feito em conta e passei a pagar meus compromissos com a emissão de um cheque.

Quando chegou o dia de pagar o aluguel da casa que morávamos fui até o proprietário e fiz o pagamento. Ele recebeu o cheque e me deu o recibo. Voltei para casa e guardei o recibo.

Passado algum tempo, uns quinze dias do pagamento feito, o proprietário veio até minha casa. Aqueles senhores antigos, muito formais, foi conversando sobre vários assuntos. Depois falou de suas finanças e me perguntou se eu não poderia pagar ao menos uma parte do aluguel, disse que como eu nunca atrasava o pagamento ficou sem jeito de cobrar. Levei um susto, pois no meu entendimento já havia pago. Perguntei o que houve com o cheque que lhe dei quando do pagamento.

O proprietário não conhecia cheque e por isso havia pensado que aquele papel assinado era uma espécie de garantia até que lhe entregasse o dinheiro. A culpa também era minha, que na empolgação de ser portador de um talão de cheques saí pagando tudo com esse sistema. Nem me passou pela cabeça que algumas pessoas não sabiam como funcionava.

Daquele dia em diante passei a perguntar, quando pagava alguma coisa com cheque, se a pessoa aceitava e se não haveria transtorno, pois era muito fácil sacar o dinheiro e levar. Enquanto morei naquele imóvel paguei ao proprietário em dinheiro, pois há pessoas que não fazem negócios e ir até o banco é um transtorno.

Hoje em dia essa história parece meio absurda, pois até o cheque quase não existe mais. Eu uso só cartão, o débito é muito mais fácil e prático. Se preciso de dinheiro há caixas automáticos em toda a parte, temos uma máquina no trabalho, no clube, no supermercado e em muitos outros lugares.



Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com

6 comentários:

  1. Catarino, consegui comentar. lá de casa não dá. a conexão é lenta.

    eu uso somente cartão, não gosto de cheques.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. É verdade, quase não utilizo mais cheques também, e quando preciso preencher um, quase sempre acabo errando.
    []'s
    Helio

    ResponderExcluir
  3. OI.. Amigao Gostei Muito Do Seu Site, Gostaria de Propor uma troca de link com o meu www.downloadscelular.com abracos e sucesso..

    ResponderExcluir
  4. Olá Catarino,

    Assim como você fez no início do uso do cheque, muita gente o faz com o cartão de crédito -- acaba pagando tudo com ele. Só que essas pessoas acabam "estourando" o limite do cartão, e só depois pensam no que vão fazer.

    Antes de ter cartão de crédito, pagava muitas coisas com cheque. Para mim, um dos grandes problemas do cheque é que as pessoas o trocam, e quem recebe o cheque nessa troca geralmente não o deposita no dia indicado.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Usei cheque por muito tempo mas nunca passei por isso. Hoje só uso cartão também!

    ResponderExcluir
  6. Saudações!
    Amigo Catarino,
    Excelente Post!
    Penso que ainda podem existir alguns que não trabalham e nem conhecem um cheque. E talvez nem cheguem a conhecer, uma vez que o cartão veio para facilitar a vida de quase todos.
    Parabéns pelo excelente post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts