O político e o padre confessor.

By
O político e o padre confessor
A história abaixo é uma anedota já bastante conhecida e trás o ensinamento de que não devemos chegar atrasado em nossos compromissos. Vejam o que ocorreu com o político que, como sempre, não cumpriu o horário em uma cerimônia em homenagem ao pároco da cidade.

Em uma cidade do interior um padre foi homenageado pelos trinta anos de trabalho à frente da paróquia. Um político da região foi convidado para entregar o presente e discursar.

O político se atrasou e por isso o sacerdote resolveu falar antes:

- Inicialmente tive uma impressão ruim daqui. Foi por causa da primeira confissão que ouvi. Pensei que o bispo tinha me enviado a um lugar terrível, pois a primeira pessoa que se confessou me disse que tinha roubado um aparelho de TV e que tinha furtado dinheiro dos seus pais. Também tinha roubado a firma onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com a esposa do chefe. Disse que em outras ocasiões se dedicava ao tráfico e à venda de drogas. Para concluir disse que tinha passado uma doença para a própria irmã.

Embaixo de aplausos, o padre continuou o discurso:

- Fiquei assustadíssimo... Mas com o passar do tempo, entretanto, fui conhecendo mais gente que em nada se parecia com aquele homem. Inclusive vivi a realidade de uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé e desta maneira tenho vivido os trinta anos mais maravilhosos do meu sacerdócio.

Nesse momento chega o político, a quem dão a palavra para entregar o presente da comunidade ao padre. O político pediu desculpas pelo atraso e começou o discurso dizendo:

- Nunca vou me esquecer do dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar com ele...

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.

5 comentários:

  1. Olá amigo Catarino, este político ferrou-se. Se atrasou e o povo ficou sabendo de seus podres. Excelente texto que colocastes, não é bom se atrasar para um compromisso, principalmente os políticos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Ótima! Ferrou-se mesmo!

    Mas não se preocupe, com o tempo, o povo esquece e o elege novamente.

    ResponderExcluir
  3. Memoria curta daqui a pouco volta, acredite.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  4. ahahahah

    Catarino, eu já conhecia, mas adoro anedotas e farto-me sempre de rir! esta é realmente muito boa!

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir
  5. boa! so assim seu caldo entornou.Agora, é bem verdade q não devemos se odisplicentes com horarios, temos q procurar sempre ser pontual

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts