Dilma, Fogaça e Tarso. Um estranho acordo político.

By
Dilma, Fogaça e Tarso. Um estranho acordo político.


Aqui no RS estamos com uma situação política muita pitoresca e própria do comportamento dos partidos que para se elegerem fazem acordos, às vezes, conflitantes.

O prefeito de Porto Alegre, Jose Fogaça, se lançou candidato a Governador pelo PMDB. O Ministro da Justiça, Tarso Genro, é o candidato do PT à Governador do Estado. Ocorre que a Dilma tem o apoio do PMDB e por isso pretende dividir o palanque do Jose Fogaça, para não desagradar o aliado PMDB e o candidato do PT fica por sua conta e risco.

Os analistas políticos dizem que Tarso fica sem ter o que dizer, se falar mal do atual Prefeito vai prejudicar a Dilma e se falar bem vai se prejudicar. Somente os políticos conseguem entender uma situação dessas, onde pertencer ao mesmo partido não é garantia de obter o apoio.

Na charge acima, de Iotti em Zero Hora, o autor brinca com a ridícula situação do candidato do PT que tem que aturar o opositor para agradar à Dilma e ao Lula. Lula quer a eleição da Dilma custe o que custar. Os candidatos a outros cargos que saiam do caminho.

Faça seu comentário e apareça no rol dos comentadores.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Se for copiar cite a fonte www.blogdocatarino.com
Conheça o SHOPPING DO CATARINO

2 comentários:

  1. Olá Catarino,

    Isto parece ser samba do "louco" em tudo que é dito não é entendido...

    Nossa , fica dificil entender como dois antigos adversários politicos unidos em só palanque politico presidencial.

    ResponderExcluir
  2. Não é tão complicado se analisarmos pelo objetivo final que é a presidencia da republica... alguns governos estaduais ficam em segundo plano nas negociações... De repente seria melhor juntar os aliados e criar um só partido... assim não daria esse quebra cabeça todo...

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts