Os idosos precisam de menos horas de sono que os jovens.

By
dicas de saúde, palavras, idosos

Dormir bem é muito importante para termos uma vida saudável. Os jovens devem dormir mais que os idosos. Segundo um estudo feito pelo Centro de Pesquisas do Sono da Inglaterra os idosos não precisam dormir a mesma quantidade que dormiam quando jovens. Isso vale para quem dorme bem e não sofre de nenhum distúrbio do sono.

O estudo foi feito devido a preocupação dos médicos com a quantidade de soníferos que são receitados para os idosos manterem a mesma quantidade de horas que dormiam quando jovens. Os remédios causam muitos efeitos colaterais e a quantidade de sono adicional não traz nenhum ganho em saúde.

Os neurologistas estão sendo orientados a evitarem a recomendação de uso de produtos para induzirem o sono em pessoas de idade avançada. As pessoas que dormem muito estão mais predispostas as terem doenças degenerativas, que podem ser evitadas pela prática de exercícios e outras atividades diárias.

Eu posso dizer que esse estudo pode ser comprovado na prática, meu avô paterno faleceu com 94 anos e até essa idade ele levantava bem cedo e logo em seguida ia para a lavoura. Dormia pouco, escutava as notícias no rádio e se movimentava o dia todo. Viveu muito e com saúde. Já minha mãe, ia dormir cedo, levantava tarde e ainda dormia um pouco a tarde, era aposentada e por isso parecia normal. Teve muitas doenças e faleceu com 76 anos, idade que não se pode dizer que era avançada.

O importante não é a quantidade de horas dormidas e sim a qualidade do sono que é afetada por muitas doenças entre elas temos:

- Insônia: Caracterizada pela incapacidade de começar a dormir ou de manter o sono.

- Apneia: Caracterizada pelo fechamento repetitivo da passagem de ar pela garganta durante o sono.

- Pernas irrequietas: A síndrome causa sensações desagradáveis e angustiantes nas pernas.

- Ronco: É causada pela vibração que ocorre quando o ar encontra dificuldade para passar pela garganta ou nariz.

- Parassonias: São decorrentes da ativação do sistema nervoso central. As mais comuns são despertar confusional, terror noturnos, sonambulismo, bruxismo e enurese noturna.

No caso da pessoa ter alguns dos problemas acima deve procurar o médico para obter o melhor tratamento, pois o estudo levou em consideração pessoas que dormem bem e não tinham nenhum dos problemas acima. São nesses casos que dormir em excesso pode ser prejudicial ou forçar a quantidade de sono com uso de medicamentos.


Veja as 9 dicas para pegar no sono e dormir melhor.
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com
Fonte: Caderno Vida do Jornal Zero Hora.
Conheça o SHOPPING DO CATARINO
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

5 comentários:

  1. QUE POST FANTÁSTICO!
    AMIGO CATARINO, mais um artigo de grande relevância que vai ao encontro de centenas de pessoas que precisam ter mais informações de como obter e administrar um sono saudável.
    Parabéns por mais um excelente post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  2. Como muito bem é colocado no texto, a qualidade do sono é bem mais importante que a quantidade.

    Situação essa que fica cada vez mais comprometida pelo desrespeita das pessoas, e indiferença do poder público, pelo ruído cada vez maior nas cidades.

    Um abraço.

    Drauzio Milagres

    ResponderExcluir
  3. Creio que a qualidade dos sonos dos jovens é comprometida, por causa da vida muito estimulante que eles levam. Sobretudo quando passam horas diante do computador em plena madrugada.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Realmente o sono é muito importante nos resultados de nossa saúde.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  5. Camisetas de bem com a vida!!!
    http://www.simplesmenteviva.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts