Estuprados, Desossados e desinformados, a arte de iludir.

By

Este é para ser um texto sério (tão sério quanto meus textos geralmente costumam ser). Já fazia tempo eu que queria dar uma continuação a crônica: “A arte de iludir parte I”, mas até então ainda não tinha o conteúdo apropriado para isto. Vou começar cutucando seu senso de civilidade e gerando polêmica, tudo isso com uma simples pergunta: Você sabe o que entra correndo pela porta e sai voando pela janela? RESPOSTA: Isabela Nardoni (parafraseando um ditado antigo: quando o mal entra junto pela porta, o amor – ou a virtude - sai pela janela). Caso você tenha se indignado com esta anedota politicamente incorreta, ou tenha achado graça, ou nem saiba o que raios é uma anedota, não importa, a idéia foi utilizar de forma tosca uma notícia do passado para aquecer os ânimos, preparando-o para os três assuntos do momento, onde os três personagens que aqui serão comentados representam três gerações distintas, ligadas pelo fato estarem envolvidos em crimes monstruosos.

Iniciarei pelos mais velhos, falando sobre uma série de supostos crimes envolvendo um médico famoso (quando digo: “supostos” quero apenas dizer que nada ainda foi provado, já que o termo “famoso” sempre tem um peso bastante grande para desacreditar dezenas de depoimentos e pareceres sobre o assunto). As vítimas alegam que um certo especialista em reprodução assistida tentava ele mesmo (utilizando TODOS os membros do seu corpo nas pacientes ainda sob efeito de anestésicos), garantir o sucesso da técnica de reprodução, fato que é considerado como sendo estupro, quando os agressores são menos abastados e não dispõe de anestésicos alucinógenos como álibi. E a arte de iludir corre e escorre solta por nosso limitado universo (pungente e cheio de gente).

O segundo caso que anda pipocando mais do que pipoca em microondas é sobre um goleiro também famoso, de vinte e tantos anos, que está trocando o flamengo pelo Bangu. Este animal humano (depois chamam o Edmundo de animal) caiu no golpe da barriga e é suspeito de ter resolvido se vingar dando o golpe do “mata, fatia e dá pros cachorros”. Talvez ele alegue que seus amigos haviam lhe aconselhado a desmanchar com a amante, e ele acabou confundindo “desmanchar” com “desossar”. Mas com todas as acusações e provas que estão surgindo, o referido goleiro e seu comparsa Macarrão devem acabar mais ralados do que queijo ralado, ficando de molho por muito tempo.

Antes de escrever sobre o próximo e último tópico, consultei um amigo advogado (sou louco, mas não sou burro - sou da raça humana que é bem pior), que me orientou a não dar nomes aos bois (sem querer ofender os inocentes bovinos que já sofrem bastante nos matadouros que existem por aí, para garantir o sorteio do bife na sua casa).

O caso trata de um adolescente de 14 anos que junto com alguns colegas resolveu estuprar uma menina de 13 anos. O fato por si só já seria monstruoso, mas como envolve a elite do quinto PHoder brasileiro (o poder maior da mídia através de seu Reinado Brasileiro no Sul – para um bom entender as primeiras letras bastam), as informações sobre o assunto estão sendo veladas pela grande imprensa. Provavelmente meu texto (por estar citando tal ocorrido) venha a ser censurado em boa parte dos jornais, mas as notícias estão disponíveis na internet, basta acessar o Google e digitar: “estuprada” e “Florianópolis” para se ter acesso a vários conteúdos, inclusive com reportagens descrevendo bem os fatos. E caso você pesquise o assunto e descubra que a emissora, site ou o jornal do qual é telespectador ou leitor não publicou nada a respeito, desconfie da imparcialidade e seriedade desse veículo de comunicação.

Provavelmente esta denúncia não passe de um ínfimo grão de areia arremessado contra um gigantesco dragão cuspidor de fogo, mas como ao pesquisar sobre o assunto apareceram mais de quinhentas mil chamadas sobre o caso, acredito que os grãos estão se multiplicando e se espalhando embalados pelo vento e advento da internet, transformando-se em uma gigantesca tempestade de areia, capaz de sobrepujar até a mais poderosa das criaturas midiáticas.

Apesar dos casos mais graúdos que citei, inúmeros acontecimentos hediondos acontecem todo dia aqui e no resto do mundo, mas antes que você ache que a humanidade está enlouquecendo, vale lembrar que a velocidade das notícias (quando não são censuradas pelas grandes redes da imprensa) está cada vez maior, trazendo à tona acontecimentos que antes passavam despercebidos. Isso sem falar que as atrocidades vão crescendo proporcionalmente ao número cada vez maior de gente no planeta (a raça humana continua se proliferando mesmo com todos os suicídios, genocídios, desmembramentos de desafetos e afins).

Enfim, o que pode causar insônia em muita gente é saber que basta apenas que um desses indivíduos insanos (dotado de poder atômico) use um de seus nada engraçados dedinhos amaldiçoados e pressione o botão de fazer BOOM, para que eu, você, meu cachorro, seu emprego, entre tantas outras coisas, incluindo todos os esquilos da Terra, voem pelos ares... (durma bem e sonhe com os pobres e indefesos esquilos).

O texto acima foi escrito por Antonio Brás Constante, conheça a obra do autor no site Recanto das Letras.


Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Conheça o SHOPPING DO CATARINO 
Cópias não permitidas - www.palavras.blog.br 
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts