Homem não vai ao médico preventivamente.

By
homem não vai ao médico preventivamente.

Os homens morrem mais cedo que as mulheres e um dos principais motivos é a resistência de ir ao médico. Os homens acreditam que ir ao médico é coisa de fraco e por isso evitam a todo o custo. Quando vão ao médico já estão doentes e muitas vezes já é tarde.

Só para comprovar a teoria de que homem não vai ao médico fiz uma enquete no blog. Coloquei os seguintes quesitos:

- nunca foi;
- uma vez por ano;
- só quando está doente e
- vai regularmente.


Houve cento e vinte e duas respostas, sendo que a grande maioria, 67%, disseram que só vão ao médico quando estão doentes. Outra resposta negativa foi que 9% nunca foram ao médico. A notícia boa é que 12% disseram que vão regularmente ao médico e 10% vai uma vez por ano. É pouco, mas já é uma esperança.

Os homens precisam mudar a mentalidade e incorporar a suas rotinas a ida ao médico. As mulheres devem ajudar marcando as consultas e indo junto, pois muitos têm medo de ir ao médico e não querem dizer.

Eu também não ia ao médico e desde 2003 vou regularmente e assim vou fazendo os exames e avaliações necessárias para ter uma vida saudável, pois viver com saúde é uma obrigação e os cuidados regulares fazem com que tenhamos mais qualidade e alegria a medida que os anos vão passando. Ninguém quer ficar um idoso que não consegue realizar as tarefas mais simples.


Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com
Conheça o SHOPPING DO CATARINO
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

3 comentários:

  1. Catarino confesso que me arrependi de não ter cuidado melhor de minha saúde.
    Excelente post,
    abraços,
    Vitor.

    ResponderExcluir
  2. olá guri
    pois é aki no sul
    a machaiada tem costume de dizer
    q medico é coisa de viadim e se negam a ir
    bem ai esta o resultado
    cuidar da saude é necessario
    e naum é boioice alguma

    bjim guri

    ResponderExcluir
  3. Catarino, de fato o homem brasileiro resiste muito em ir ao médico, mas o problema não para aí. Analisando a participação de cada fator de risco na carga de doença do sexo masculino, fica fácil constatar que o uso excessivo do álcool é de longo o maior vilão.

    Por mais que o alcoolismo seja considerado uma "doença", pior ainda é o uso nocivo do álcool, em que a pessoa pode parar (ou diminuir) se ou quando quiser, mas continua usando álcool em quantidades ou situações inadequadas, apesar de perceber as consequências negativas. É pior porque é mais frequente, e daí vêem os acidentes, os assassinatos e outra tantas "doenças" modernas.

    Todos os fatores de risco listados no artigo "Por que os homens morrem mais cedo?" podem de alguma forma serem combatidos pelos profissionais de saúde, mas eu gostaria de destacar que não é só ir à consulta e tomar remédio, a solução passa também por valores da sociedade e por uma maior efetividade do policiamento.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts