Ministério da Saúde e Novartis fazem acordo para combater a hanseníase.

By
Ministério da Saúde e Novartis fazem acordo para combater a hanseníase.

A hanseníase é uma doença grave, mas a boa notícia é que tem cura e o tratamento é fornecido pelo Ministério da Saúde. Para atingir esse objetivo o Ministério da Saúde e a Novartis  assinaram contrato para doação do tratamento da hanseníase ao governo.

A parceria também estabelece acordo de transferência de tecnologia do princípio ativo da clofazimina, um dos componentes do tratamento para a hanseníase. O acordo prevê a doação de 3,2 milhões unidades do tratamento multi-medicamentoso nos próximos cinco anos.


São Paulo, 16 de dezembro de 2010 – A Novartis e o governo brasileiro firmaram, ontem (15) à tarde, acordo para fortalecer os esforços para o combate à hanseníase no país. O contrato prevê a doação pela Novartis de seu tratamento multi-medicamentoso para a hanseníase, além da transferência de tecnologia de um dos princípios ativos que compõem o tratamento: a clofazimina. O acordo foi assinado pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e pelo presidente da Novartis no Brasil, Alexander Triebnigg, e contou com a presença do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do ministério, Reinaldo Guimarães, e o secretário de Vigilância em Saúde, Gerson Penna.

Segundo os termos do acordo, a Novartis doará o tratamento multi-medicamentoso ao governo, composto por três medicamentos (rifampicina, dapsona e clofazimina) ao Ministério da Saúde, o qual atenderá os pacientes com hanseníase por meio do seu Sistema Único de Saúde (SUS).  A doação para o governo brasileiro é prevista em 3,2 milhões de tratamentos multi-medicamentosos durante os cinco anos do acordo.

O acordo também estabelece a transferência de tecnologia para produção local do princípio ativo da clofazimina, um dos componentes que integram a tratamento multi-medicamentoso para essa doença debilitante.

“A Novartis quer assegurar que todos os brasileiros com hanseníase recebam o tratamento que precisam”, declarou Alexander Triebnigg, presidente da Novartis no Brasil. “Esse é um compromisso global de longa data da nossa empresa, que desde 2000 assegurou a doação de mais de 45 milhões de unidades do tratamento multi-medicamentoso, ajudando a curar aproximadamente cinco milhões de pacientes em todo o mundo”.

A Fundação Novartis para o Desenvolvimento Sustentável atua na luta contra a hanseníase há mais de 25 anos, auxiliando na doação de medicamentos, contribuindo para a redução do preconceito associado à doença e ajudando pacientes em sua reintegração à sociedade. No Brasil, a Novartis mantém, em parceria com a ONG Morhan, a Carreta da Saúde, um caminhão itinerante que percorre regiões endêmicas do país para diagnosticar, iniciar o tratamento e educar a população sobre a hanseníase.

Sobre o tratamento multi-medicamentoso

O tratamento multi-medicamentoso – composto por três medicamentos (rifampicina, dapsona e clofazimina), tendo dois deles (rifampicina e clofazimina) sido desenvolvidos nos laboratórios de pesquisas da Novartis na década de 80 – mudou drasticamente a imagem da hanseníase em todo o mundo. O tratamento multi-medicamentoso proporcionou a cura de mais de 14 milhões de pessoas, a interrupção da transmissão da hanseníase e a prevenção de deformidades. A prevalência mundial da doença reduziu em aproximadamente 95%. Apesar do sucesso, o controle da hanseníase continua crítico e a doença é cada vez menos conhecida. O diagnóstico precoce e a disponibilização constante do tratamento são essenciais.


Disclaimer
As informações contidas neste texto têm caráter informativo, não devendo ser usadas para incentivar a automedicação ou substituir as orientações médicas. O médico deve sempre ser consultado a fim de prescrever o tratamento adequado.


Fonte: Novartis www.novartis.com.br
Se gostou do post subscreva nosso FEED.
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com
Conheça o SHOPPING DO CATARINO
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts