Salário-mínimo, seu valor será sempre mínimo.

By
Crítica. Salário-mínimo, seu valor será sempre mínimo.

Nas últimas semanas o assunto mais polêmico foi a discussão do valor que deveria ser dado ao salário-mínimo. Os sindicalistas querem um valor mais alto e o governo o valor mais baixo. Essa discussão só serve para colocar as partes envolvidas na mídia de graça. Os que defendem um valor maior para o salário-mínimo querem, na verdade, ter seus nomes divulgados para se elegerem nas próximas eleições ou se manterem nos cargos em que estão.

O Partido dos Trabalhadores passou a vida toda dizendo que o salário-mínimo tinha que ter um valor alto e agora defende um valor baixo, o deputado Vicentinho foi justamente o grande defensor da proposta do governo de manter o salário-mínimo no valor de R$ 545,00. Na verdade o governo não está errado em defender um valor baixo para o salário-mínimo, pois em economia o seu valor é um indexador muito forte e um grande causador de desemprego e inflação.
O valor do salário-mínimo será sempre baixo para quem recebe e alto para quem paga. Quem recebe tem o valor descontado da parcela da Previdência, 8%, e quem paga tem o valor acrescido dos encargos sociais que varia de acordo com o tamanho da empresa, podendo se tornar até 70% maior. Para um empregador doméstico o valor do mínimo é acrescido de 12% e mais o vale transporte que depende de quanto custa o ônibus em diversas cidades.
Os sindicalistas e os intelectuais defendem que o valor do salário-mínimo deveria ser de R$ 1.800,00 ou até mais e que com esse valor uma pessoa teria uma vida digna. Esse pensamento está correto, mas só em tese, pois assim que o valor do mínimo atingisse esse patamar a economia iria se adaptar e os preços relativos cresceriam e não permitiriam a vida imaginada. Imagina um salário com valor perto de dois mil, quantas pessoas iriam perder o emprego, quem poderia manter sua empregada doméstica, quantas pequenas empresas teriam que dispensar seus empregados.
Para melhorar a vida das pessoas é preciso que a economia do país cresça, as pessoas se tornem mais qualificadas e com isso a renda média também cresça. Assim com mais pessoas ganhando melhor será possível que os empregos menos qualificados possam ter renda superior ao mínimo e não ganhar um mínimo com valor superior. É preciso ter em mente que o que faz uma pessoa melhorar de vida é ganhar mais salários-mínimos e não ganhar um mínimo, independente do seu valor.
E você, caro leitor, o que tem a dizer sobre esse polêmico assunto, acredita que o valor do mínimo sendo elevado vai melhorar a vida das pessoas. Deixe sua opinião, ela é muito importante para o tema.

Central Blogs

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts