Lavanter-se. Palavras no forma de poesia.

By
Lavanter-se. Palavras no forma de poesia.


Levanta, e vai andando com alegria –
a preguiça é inimiga do Destino.
Diz o que pensa, e canta; pensa o que diz, e chora -
/mas anda.


Levanta, e vai andando com alegria -
não há refúgio contra a paixão, senão mais amar,
e a única maneira de surpreender a manhã é caminhar
/para a noite.

Levanta, e vai andando com alegria –
e viva o bom vinho e o jardineiro com seu jardim
que só colherá o que plantou e a flor que o escolher.

Levanta, e vai andando com alegria –
leva a vida que elegeste por um breve tempo de agonia
e muda a hora em ouro ao passo que abres o caminho.

Levanta, e vai andando com alegria –
o desejo te manda embora, mas é a morte que espera
no meio do caminho – entre o sonho e a esperança.

Levanta, e vai andando com alegria –
todos os dias vão, todos os males vêm, não confia
na hora que passa, às vezes se vive, se morre sempre.

Levanta, e vai andando com alegria –
que o pouco torna-se suficiente quando se necessita menos,
e feliz de quem não espera nada, senão da boa palavra.


A poesia acima foi escrita por Paulo Roberto do Carmo e me foi enviada por e-mail para divulgação. Conheça mais da obra desse autor no seu site Paulo Roberto do Carmo.

Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Conheça o SHOPPING DO CATARINO 
Cópias não permitidas - www.palavras.blog.br 
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

Um comentário:

  1. Parar é morrer sem dúvida! Mas...ás vezes, como custa vencer a inércia!!
    Beijo e um bom domingo.
    Graça

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts