Crônica. Um susto na praia.

By


Quando vamos à praia com crianças todo o cuidado é pouco, pois o menor descuido e uma criança pode se perder. Há um tempo, quando minha filha era pequena, por volta de 5 anos, estávamos na praia do Cassino que fica localizada no sul do RS, aconteceu o seguinte fato.


Estávamos sentados sob o guarda-sol e meus filhos brincavam na areia. Minha filha gostava de ir ao mar buscar água com seu balde. Saiu para ir buscar água e nesse momento um menino chegou pedindo para recolher nossas latas usadas de refrigerante. Por um pequeno espaço de tempo ajudei o menino a colocar as latas em uma sacola e quando olhei para frente não vi mais minha filha.

Eu e meu filho saímos correndo até o mar, olhamos para um lado e para o outro e nada. Meu filho, já desesperado, queria que procurasse no mar, mas lá não havia nada de diferente, as pessoas brincando tranquilas. Com o coração acelerado, voltamos a correr para um lado da praia e não vimos nada, quando olhamos para o outro lado vimos, ao longe, uma criança com um balde verde brilhando ao sol.

Só podia ser minha filha, nesse momento meu filho saiu correndo e gritando o nome da irmã. Felizmente era ela e foi encontrada rapidamente, mas o susto foi grande e depois desse dia ela só ia ao mar buscar água acompanhada. Ela falou que quando estava voltando com a água se atrapalhou e não encontrou mais onde estávamos e começou a caminhar tentando identificar o nosso carro.

A praia do Cassino é diferente em dois aspectos, um o seu tamanho, dizem que é a maior do mundo e outro é que podemos estacionar o carro na areia e abrir o guarda-sol em frente ao carro. Assim se faz um verdadeiro acampamento, tudo que precisamos está no carro e bem próximo. Assim são centenas ou mais de carros lado a lado em grande extensão de praia, localizar um carro fica uma tarefa bem difícil, quanto mais a uma criança pequena.


Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Conheça o SHOPPING DO CATARINO 
Cópias não permitidas - www.palavras.blog.br 
Protected by Copyscape Online Plagiarism Check

7 comentários:

  1. Catarino,
    sua história é bem interessante .

    Seu alerta é bastante necessário nos dias de hoje , principalmente porque muitos pais adolescentes e inexperientes .

    abs
    Francisco

    ResponderExcluir
  2. Ola Catarino,

    Sem dúvidas todo cuidado é pouco, principalmente quando relacionamos a crianças, devemos estar alertas e não nos descuidarmos, em meio a uma multidão dificilmente podemos notar alguém tão frágil e inocente...

    Abraços e tenha um excelente final de semana

    ResponderExcluir
  3. Eu que sei vejo muito disso aqui,mas tambem vejo o descuido dos pais a criança não para,nós é temos que parar,para olhar.existe muitas maneiras para localizar com mais facilidade,uma camiseta em tom bem colorido ajuda.bom final de semana.

    ResponderExcluir
  4. que susto eim amigão.
    por isso é bom ter um carro diferente, tenho um fusquinha marron de cor um tanto quanto rara, outra dica é usar guarda sol diferente, minha esposa te um guarda sol amarelo com a cara da madona.. mesmo assim criança é só acompanhada.

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a sua crônica, parabéns pelo blog mais uma vez!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts