O brasileiro se indigna só na internet?

By


Uma notícia interessante que li esta semana é que o brasileiro fica indignado e adere, a campanhas e abaixo-assinados contra políticos e seus atos, somente na forma virtual. Quando é necessário ir à rua reclamar não aparece ninguém. A notícia foi assim divulgada:

Na hora de aderir à petição online que defendia o impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), 1,6 milhões de canetas virtuais se juntaram e transformaram o abaixo-assinado em uma das maiores manifestações políticas já vistas no Brasil pela internet, mas, no momento de entregar o "documento", apenas 60 pessoas deixaram as suas casas para protestar em frente ao Congresso.

O fracasso do movimento nas ruas colocou em xeque a eficiência das mobilizações gestadas na internet e despertou uma questão candente: qual o real nível de engajamento dos internautas com as causas compartilhadas de forma viral na rede?

Todos os dias são divulgados notícias de grande quantidade de pessoas protestando nas ruas, muitos sofrem violência da polícia e até das forças armadas, mas não desistem. Até na Argentina, no vizinho mais próximo, o povo costuma fazer grandes protestos contra o governo e seus atos. No Brasil nunca se vê nenhum protesto, podem subir a gasolina, podem congelar as nossas finanças, podem criar novos impostos e taxas que ninguém vai reclamar.

No caso do Renan Calheiros correu pelas redes sociais um pedido de adesão ao abaixo-assinado em que se pediria que deixasse a presidência do Senado. A ideia era só assinar e pronto ele seria afastado assim que visse, na internet, a quantidade de pessoas que estavam indignadas. Como o que está na internet não assusta ninguém, quanto mais um senador esperto como o Renan, era preciso que o povo fosse até o Senado e demostrasse sua contrariedade com o fato do senador Renan Calheiros ter sido escolhido presidente da casa.

Para transformar um abaixo-assinado em protesto físico exigi muito mais trabalho. É preciso angariar fundos para descolar, alimentar e alojar as pessoas, pois não podemos deixar que somente o povo de Brasília faça o serviço. Para surtir efeito era preciso que todo o País fosse representado, mas quem está disposto a isso?

Acredito que a adesão seria mínima se houvesse uma condicional, quem fosse assinar teria que fazer uma doação para as despesas e se dispor à ir a  Brasília, ao menos 10% da quantidade de pessoas que aderissem ao protesto. No presente caso houve um milhão e seiscentas assinaturas teriam que comparecer à Brasília cento e sessenta mil pessoas, esse número iria assustar o Congresso. Sessentas pessoas é como se não fosse ninguém.


Se gostou do post subscreva nosso FEED. 
Cópias não permitidas www.blogdocatarino.com

3 comentários:

  1. Caro amigo

    Há visitas aos lugares amigos,
    para recolher palavras.
    Há visitas a estes mesmos lugares
    Para semear palavras.
    A visita de hoje além da leitura
    das preciosas palavras que aqui encontro,
    é também para agradecer
    a alegria de passar pela sua vida
    e encontrar o perfume da amizade
    de forma tão intensa.

    Que a sede da alegria
    Nunca cesse em ti.

    ResponderExcluir
  2. Aluísio
    Muito obrigado por suas lindas palavras deixadas aqui no blog.

    ResponderExcluir
  3. As palavras são validas, porém o trabalhador brasileiro, não dispõe dos diversos tipos de auxílio e horas vagas, que nossos políticos dispõem, auxilio transporte, auxilio alimentação, etc... Creio que os 60 presentes, mesmo que fosse apenas 1 estava representando todos que de alguma forma parou pra ler a causa e deu seu apoio mesmo que apenas por um clique, afinal os tempos estão mudando e as diversas formas de protestos devem ser aceitas, afinal, são todos os brasileiros que assinam as leis desde país?? Ou não é apenas um ou alguns "políticos" que representam toda uma nação em suas decisões?? Já pensou deslocar todos o brasileiros até um determinado local "Brasília" para assinar algum decreto? Seria viável a todos? OS TEMPOS MUDARAM E OS POLÍTICOS DEVEM RESPEITAR AS DIVERSAS FORMAS DE PROTESTOS NÃO APENAS A OPRESSÃO ou PRESSÃO DE MILHARES DE PESSOAS PRESENTES FISICAMENTE.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela é muito importante para nosso trabalho.

Popular Posts